sábado, 29 de setembro de 2012

Quem é D E U S ?


O homem está sempre buscando explicações que provem a existência de Deus, porém não há provas que satisfaçam o incrédulo.

A Bíblia não se preocupa em apresentar “provas” da existência de Deus. Ela simplesmente reconhece a Sua existência, principalmente como “Deus Criador”. Gênesis 1.1 – “No principio criou Deus os céus e a terra”.

Qualquer definição humana para Deus é sempre limitada, pois Ele é infinito e nós todos, finitos.

A origem do nome de Deus ocorreu quando, Deus se apresentou a Moisés, no deserto de Midiã, Ele disse de si mesmo: “Eu sou o que sou” – (Êxodo 3.13 a 15). Isto significa que a Fé Bíblica afirma que Deus existe por si só, Único, Perfeito, Infinito, Imutável e Eterno, Todo poderoso Onisciente e Onipresente. Ele é origem, sustento e fim de todas as coisas.

A Bíblia afirma que Deus é Pai, Filho e Espírito Santo, ao mesmo tempo. Por isso damos o nome de “Trindade”. Apesar desta expressão não estar nas Escrituras, a verdade da Trindade está nela contida, claramente.

A TRINDADE em Mateus 3.16 e 17 que diz: “E sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. Eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”. Aparecem aqui as três pessoas da divindade. 1.Jesus = Homem ; 2. Espírito Santo = Pomba; 3. Deus Pai = Voz

Mateus 28.19 – “Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

Como Paulo abençoava as Igrejas no passado? “A graça do Senhor Jesus Cristo e o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com vós todos” (II Coríntios 13.13)

Deus é o Criador, Jesus Cristo – A Palavra, participava da obra da criação; e o Espírito Santo se movia por cima das águas (Gênesis.1.2), confira em Gênesis 1.1 a 3 com João (Evangelho) 1.1 a 3.

Podemos ilustrar a Trindade, de forma bem simples usando a figura do homem: corpo, alma e espírito, ou mesmo a água que é encontrada no estado sólido, líquido e gasoso.

A doutrina da criação é baseada na fé e não nas conclusões da razão humana, ou nas provas científicas. A Doutrina não é contra a razão, nem contra a ciência; todavia, em Apocalipse 4.11 lemos: “Digno é o Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas”.

A fé cristã tem afirmado quatro verdades sobre Deus criador:

Deus criou o universo do nada:
“Pela Fé entendemos que o universo foi formado pela Palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem.” (Hebreus 11.3)

Deus criou o universo em 6 dias: 
“E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto”(Gênesis 1.31).:

Deus criou o universo para a sua própria glória: 
“ Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis”(Romanos 1.20).

Deus criou o universo, “Tudo muito bom”: 
“E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto”(Gênesis 1.31), outros textos Gênesis 1.10,12,18,21,25.

Litrazini

Graça e Paz


Nenhum comentário:

Postar um comentário