quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Missão no mundo sem fronteiras


Missão é palavra a aquecer os corações; É anuncio do evangelho Num mundo injustamente globalizado...

Missão é romper barreiras... Abraçar o mundo; Ser e construir o humano Que vive na realidade do sonho.

Missão... É partir... Ir ao encontro do irmão Na força do Espírito Santo

Missão é testemunhar... servir... dialogar... anunciar... É abrir horizontes de vida e esperança Beber na fonte, saciar a sede do andarilho a procura de pão, saúde, esperança, fé e amor.

Missão é ser e fazer, é ir ao encontro dos que estão perto e dos que estão longe.

Missão é não cansar Andar... cantar...  Sonhar o novo na vida do povo... E ver que ainda é necessário Encantar, ousar... e se preciso for chorar...

Missão é não perder o encanto É gritar aos quatro ventos Que as sementes do verbo Estão a germinar...

Missão é para quem tem coragem...  Quem não tem medo de arriscar... Disponibilidade... 

Missão é despertar Para o novo

Missão não tem fronteiras Porque o mundo é nosso lar.

O dono do moinho, o filho dele e o burro foram ao mercado.

O dono do moinho estava montado no burro, as pessoas exclamavam:
- Homem malvado, monta o burro e faz o filho caminhar.

Então ele desceu e colocou o filho em cima do burro. Daí, as pessoas ficaram bravas:
- Que filho mais preguiçoso, montar no burro enquanto o pai que já é velho tem que caminhar.

Então, o pai e o filho montaram no burro, e as pessoas disseram:
- Que crueldade com o pobre burro.

Então eles desceram e começaram a carregar o burro numa vara, mas as pessoas disseram:
- Olha os dois burros carregando outro.

Então os três começaram a caminhar e as pessoas disseram:
- Que idiotas! Tem um burro e não montam nele!

Vamos, então, vamos fazer a obra de Deus, sem nos importar com o que as pessoas nos dizem.

Se eu tivesse me importado com a opinião dos outros, nunca teria sido missionária.

Por Litrazini

Graça e Paz




Nenhum comentário:

Postar um comentário