domingo, 2 de dezembro de 2012

De Protetor solar à provisão da vida = Jeová Jire


O nome Jeová tem sua origem no verbo “ser” e inclui os três tempos deste verbo, passado, presente e futuro, significa “Serei o que Serei” o “eu Sou” significa “Deus Absoluto”, “Deus Eterno Imutável”; “Deus que subsiste por Si mesmo”, independente de tudo. Ele que era, que é e que há de ser. Também significa: Eu me manifestei, me manifesto e ainda me manifestarei.

O uso de diversos nomes complementares a JEOVÁ são encontrados nos originais Bíblicos, pois o nome do Senhor era mencionado biblicamente de acordo com o que representava no momento do acontecimento.

Por conta da nossa falta de percepção e distração, quero centralizar a matéria de hoje no imenso amor do Deus da provisão JEOVÁ-JIRE – O Senhor que provê:

Nisso levantou Abraão os olhos e olhou, e eis atrás de si um carneiro embaraçado pelos chifres no mato; e foi Abraão, tomou o carneiro e o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho. Pelo que chamou Abraão àquele lugar Jeová Jiré; donde se diz até o dia de hoje: No monte do Senhor se proverá.(Gn.22.13,14).

Dentre os muitos relatos bíblicos do Deus da provisão, destaco o da roupa de Adão e Eva:  E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu. (Gn. 3.21); provisão do cordeiro para o sacrifício de Abraão, (Gn. 22.13).

Podemos ver o cuidado e carinho divino com seu povo, suprindo inclusive a falta do protetor solar, cobertores e agasalhos, quando, para livrar do calor e frio, Deus protege contra os raios solares das baixas temperaturas da noite: Não desaparecia de diante do povo a coluna de nuvem de dia, nem a coluna de fogo de noite. (Ex. 13.22)

E o dirão aos habitantes desta terra. Eles ouviram que tu, ó Senhor, estás no meio deste povo; pois tu, ó Senhor, és visto face a face, e a tua nuvem permanece sobre eles, e tu vais adiante deles numa coluna de nuvem de dia, e numa coluna de fogo de noite. (Nm 14.14) 

Todavia tu, pela multidão das tuas misericórdias, não os abandonaste no deserto. A coluna de nuvem não se apartou deles de dia, para os guiar pelo caminho, nem a coluna de fogo de noite, para lhes alumiar o caminho por onde haviam de ir. (Neemias 9.19)

Deus proveu alimentação, água e toda sorte de necessidades dos israelitas por 40 anos, sem o que eles não sobreviveriam.

Mas a provisão mais importante, a maior prova de amor somente Ele poderia fazer, aquela que nos dá a opção à vida eterna, Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Daí eu te pergunto, quem cuida desde as pequenas coisas até o sacrifício de seu próprio filho, não supriria as nossas necessidades?
 
Se a própria Palavra de Deus nos diz que Ele não faz acepção de pessoas: Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas. (Rm.22.11)


Isso só vem demonstrar que não precisamos ficar ansiosos por coisa alguma, pois se Ele provê até a falta de protetor solar até a vida na eternidade, não proveria a sua e a minha necessidade, Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. (Fp.4.6)

E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê: MC. 9.23

Você crê?

Litrazini:

Graça e Paz



Nenhum comentário:

Postar um comentário