sábado, 24 de agosto de 2013

Geração Transformadora

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Mas a quem hei de comparar esta geração? É semelhante a meninos que, sentados nas praças, gritam aos companheiros: Nós vos tocamos flauta, e não dançastes; entoamos lamentações, e não pranteastes. (Mt. 11.15-17)

João Batista vivia no deserto, vestia-se de pele de camelo, comia gafanhoto e mel Silvestre, Jesus se vestia de túnicas sem costura, comia nas melhores casas, e vivia nas cidades.

Criticavam João Batista por ser estranho, pobre, e viver no deserto, criticavam Jesus chamando de comilão e beberrão.

Que geração é essa?

GERAÇÃO DA INSATISFAÇÃO
O homem, na grande maioria, tem um ratinho chamado insatisfação; Não importa o que acabou de conquistar, Nem bem concretizou e, já esta pensando na próxima conquista.

Insatisfação gera ingratidão.
Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração.Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará. (Sl 37:4,5)

Insatisfação destrói a alegria.
Alegrei-me, sobremaneira, no Senhor porque, agora, uma vez mais, renovastes a meu favor o vosso cuidado; o qual também já tínheis antes, mas vos faltava oportunidade. Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece. (Fp 4:10-13)

Insatisfação leva a um lugar de destruição.
Podemos citar como exemplo experiências com droga, sexo, religiões entre outras

GERAÇÃO DA CRITICA
Uns diziam que João Batista era estranho, outros que Jesus bebia e comia demais. Critica-se governo, pai, mãe, marido, esposa, filhos, pastor, igreja, ofertas...

Tudo que criticamos, automaticamente, afastamos de nós.
De ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção! Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra (Gn 12:2, 3)

Precisamos ser uma geração que abençoa!

GERAÇÃO DA INDIFERENÇA
A morte é normal. Separação é normal. Homossexualismo é normal. Pobreza é normal. Morrer e ir para o inferno é normal.

Na Parábola do Bom Samaritano verificamos que sob o ponto de vista do...
Ladrão - o que é meu é meu e, o que é seu é meu também.
Sacerdote - O que é meu é meu, o que é seu é seu, eu não tenho nada haver com isso.
Samaritano - O que é meu é meu, mas eu não tenho problema em repartir com você.

Indiferença com o próximo.
Podemos fazer algo por alguém.
Devemos salvar as baleias, mico leão dourado, tartaruga, etc., mas é necessário priorizar campanhas para salvação do homem. É preciso gastar tempo investindo o que temos para salvar vidas.

Amai, porém, os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai, sem esperar nenhuma paga; será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo. Pois ele é benigno até para com os ingratos e maus. (Lc 6:35)

Indiferença com Deus.
Só Ele pode todas as coisas. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo. (Ap 3:20) Ele é o único Salvador.

Será que temos medo de nos comprometer com seu Deus e Ele pedir algo?

Ele veio para nos dar a vida eterna.

Nós somos a geração que vai mudar a história. Pense nisso!

Autor: Pr. Michael Aboud 

Por Litrazini


Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário