terça-feira, 7 de outubro de 2014

AINDA EXISTE UMA ESCOLHA

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”. (MT 7. 13,14).

O poeta Chileno Pablo Neruda, certa feita disse: “Somos livres para fazer nossas escolhas, mas sempre seremos prisioneiro das consequências”.

Na vida estamos sempre fazendo escolhas e assumindo as consequências de nossas próprias decisões. Algumas dessas consequências refletem em nossas existências das seguintes formas:

Por um curto período.  Ex: Qual será sua formação acadêmica?

Por um longo período. Ex: Qual será a sua profissão?

Por toda vida. Ex: Com que você irá se casar?

Para além da vida: Onde passarás a eternidade?

Jesus foi extremamente claro ao nos informar que existem: Duas portas, dois caminhos e uma só escolha.

VOCÊ PRECISA FAZER A SUA ESCOLHA, ENTRE:
- A porta larga que nos leva ao caminho espaçoso que nos conduz a perdição e são muitos os que a procuram.
- A porta estreita que nos leva ao caminho apertado que nos conduz a vida e são poucos os que a procuram.

A ESCOLHA É PESSOAL:
Somos responsáveis pelos nossos próprios atos – (Rm 14. 12).
Precisamos pessoalmente invocar ao nome do Senhor – (Rm 10. 13).

A ESCOLHA É ÚNICA:
Não há multiplicidade na escolha – (Mt 6.24 ).
Não neutralidade na escolha – (Mc 9.40 / Ap 3.15,16).

A ESCOLHA É DECISIVA:
O homem decide o caminho que deseja trilhar – (Sl 119.30).
O homem decide a que Deus servirá – (Js 24.15).

A ESCOLHA É VOLUNTARIA:
Deus não obriga ninguém a servi-lo – (Lc 9.23).
Deus não violenta a vontade humana – (AP 3.20).

A ESCOLHA É DEFINITIVA:
Não devemos voltar atrás – (Lc 9.62/ Hb 10. 38).
Sua decisão na terra repercutirá por toda a eternidade – (Jo 3.16).

- Para os que andam em busca de uma porta. Jesus é a porta: (Jo 10.09).

- Para os que andam em buscam de um caminho. Jesus é o caminho: (Jo 14.06).

Conta-se uma historia que no reino muito antigo, o seu rei construiu muralhas enormes, fortalezas intransponíveis e em meio às grandiosas e robustas paredes, ele pediu para que se construísse uma porta mui pequena e extremamente estreita para o acesso exclusivo dos viajantes.

Alguém o perguntou sobre o real propósito de tal porta e o rei simplesmente explicou informando-o que qualquer peregrino que viesse de onde viesse, desejando adentrar em seu reinado, antes precisaria deixar do lado de fora seus embrulhos e suas bagagens, certamente o rei não admitia a hipótese de que alguma forma de mal penetrasse em seu reino.

Da mesma forma é o reino de Deus se alguém deseja entrar em seus palácios reais, antes precisa despojar de todos os seus embrulhos mundanos e bagagens pecaminosas.

Lembre-se que existem duas portas, dois caminhos e uma só escolha, ainda existe uma escolha.

“Esforçai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão”. (Lc 13:24).

Autor: Sidney Osvaldo Ferreira

Por Litrazini

Graça e Paz


Um comentário:

  1. -Versículos do Dia
    - Louvai ao SENHOR, e invocai o seu nome; fazei conhecidas as suas obras entre os povos. Salmos 105:1
    E diziam à mulher: Já não é pelo teu dito que nós cremos; porque nós mesmos o temos ouvido, e sabemos que este é verdadeiramente o Cristo, o Salvador do mundo. João 4:42

    ResponderExcluir