terça-feira, 19 de setembro de 2017

CONHECENDO A VIDA VITORIOSA

O Velho Testamento recorda a vida de várias pessoas que experimentaram grandes vitórias.
Jael e Débora conquistaram reinos ( Jz.4.5).
Daniel foi salvo da boca de leões (Dn 6).
Misael, Azarias e Hananias, não foram feridos apesar de estarem dentro de uma fornalha quentíssima (Dn.3).
Elias escapou das espadas dos capangas da rainha Jezabel (1Rs.19.2).
Ezequias retomou suas forças depois de uma enfermidade ( 2Rs.20).
Gideão era poderoso na batalha (Jz 7).
O filho de uma viúva foi ressuscitado pelo profeta Eliseu (2Rs4.8-37).

Todas essas conquistas foram exemplos da fé em ação.

Nós também podemos experimentar a vitória através da fé em Cristo. Nossas vitórias sobre os opressores podem ser iguais aquelas dos santos do Velho Testamento, mas é mais provável que nossas vitórias sejam especificamente para o papel que Deus quer que nós façamos. Apesar de nosso corpo deteriorar e morrer, nós viveremos para sempre por causa de Cristo.

Na ressurreição prometida, até mesmo a morte será vencida, e a vitória de Cristo será completa. O povo (e as igrejas) freqüentemente tenta viver na memória das bênçãos de Deus.  Os israelitas assumiram erradamente que porque Deus os tinha dado a vitória no passado, ele o faria novamente, mesmo eles tendo estado distante dele.

Hoje, assim como nos tempos bíblicos, vitórias espirituais vêm através de um relacionamento com Deus que é renovado continuamente. Não viva no passado. Mantenha o seu relacionamento com Deus novo e fresco.

Fazemos o melhor e ainda assim, muitas vezes as coisas saem erradas; o semeador saiu a semear, e estava semeando uma excelente semente, porém apesar de serem boas e ser executado um bom trabalho, com boas intenções, nem toda semente deu vida (Lc.8).

A lista dos problemas que temos está diretamente relacionada com a lista das origens dos problemas descritas em Gálatas 5. Muitas das vezes queremos que a solução venha através de uma reunião de oração ou de uma palavra milagrosa, estilo abracadabra ou abratisésamo.

A verdade é  que Deus estabeleceu regras para uma vida vitoriosa, e podemos ver algumas em Lucas 4: Entrando num dos barcos, que era o de Simão (v. 3) Deus não te descarta só porque não tem obtido sucesso. Você pode ser útil, mesmo no fracasso (v. 5)

Disse a Simão: vai ao mar alto e lançai as redes; e fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes (vv. 4-6). Devo obedecer sem restrições. E fizeram sinal aos companheiros... Simão porém disse: senhor, afaste-se de mim, pois sou pecador, pois pegaram muito peixe (vv. 7-9)  Ajudando sempre sou ajudado. (Pv.11.25)

Sendo abençoado, não tenho como não abençoar (v. 7).
Tiago e João, que eram companheiros de Simão (v. 10). Preciso de bons amigos (1Co.15.33). Preciso me afastar dos ruins (1Co.5.9-13).

Deixaram tudo e o seguiram (v. 11) O reino de Deus tem que estar em primeiro lugar (Mt.6.33).
“O Reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo. Outrossim o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; e, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e a comprou”Mt.13.44-46

Lenilson Fraga 

Por Litrazini

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário