sexta-feira, 30 de março de 2018

OS PRINCIPAIS ALVOS DE UMA ESTRATÉGIA MISSIONÁRIA


A igreja de Cristo foi implantada com objetivo de levar o pecador de todas as partes do mundo a Ter um encontro com Cristo, essa é a sua missão. Emil Brunner disse, “a igreja existe pela missão como o fogo existe pelo queimar”. Quando deixa de queimar, o fogo deixa de ser. E quando a igreja deixa de ser missionária, deixa de ser igreja.

PODEMOS DEFINIR OS MACROS OBJETIVOS DA IGREJA:

Estabelecer igrejas em cada povo do mundo através de diferentes meio de evangelização

Oferecer a cada indivíduo de cada grupo humano uma oportunidade efetiva de entender a mensagem do Evangelho e levá-lo ao encontro com o Senhor Jesus e servi-lo na comunhão de uma igreja local.

O discipulado deve ser um objetivo irrevogável da missão da igreja. Não podemos nos contentar simplesmente com a evangelização porque isso não reflete na totalidade a ordem de Cristo na grande comissão.

O lugar geográfico é algo muito importante a definir. Nessa hora não devemos ser egoístas. Muitas igrejas se preocupam somente com a região onde elas estão implantadas. A igreja deve ter essa preocupação sim em relação as pessoas circunvizinhas, mas não pode deixar de pensar nos lugares que não existe uma igreja se quer. Mesmo existindo varias igrejas em uma mesma região, muitas vezes existe grupos específicos de pessoas que ainda não foram alcançadas, ex: crianças de rua; estrangeiros; etc...

A igreja precisa olhar para o mundo percebendo os seus desafios e problemas:
- A crescente densidade populacional; A diversidade cultural; A diversidade linguística; A diversidade religiosa; Complicações geográficas. Ex: deserto; montanha; lugar muito frio; etc.; Complicações financeiras; Complicações sociais ex: guerra, fome, refugiados; epidemias; rebeliões;  Perseguições

O PRINCIPAL OBJETIVO E O ALVO ESTÃO NA BÍBLIA:
OBJETIVO: Pregar; Batizar e discipular.
ALVO: O mundo

A igreja não deve transformar a grande comissão na grande omissão estreitando o Foco

Deus tem uma vocação para cada indivíduo sendo assim podemos perceber que cada grupo de crente (uma igreja local) é um potencial em vocação.

O corpo de Cristo deve trabalhar dentro de sua vocação. Não adianta uma única igreja querer abraçar todos os desafios missionários do mundo que não conseguirá, porque o desafio missionário é para todo o corpo e não para uma única igreja . Na verdade a igreja deve encontrar a sua vocação. Qual o propósito especifico de Deus para a sua igreja?

Será que é evangelizar o povo de Bangladesh? Ou será que é evangelizar um pequeno povoado na Groelândia?  Através do conhecimento do próprio corpo e a ampliação da visão missionária da igreja, junto com o poder da oração se tornará possível encontrar esse propósito especifico.

A igreja tem o desafio de focalizar a sua atuação dentro das suas possibilidades. A missão da igreja deve ser proporcional à capacidade da igreja. Claro que nessa hora a fé também deve estar prevista no desafio.

A igreja deve ser ousada porque temos um Deus ousado ao nosso favor. Existem igrejas que são pequenas em bairros simples que sustentam missionários na Europa. Por que isso é possível? Provavelmente porque eles têm uma visão missionária, tem um compromisso e principalmente porque tem fé.  O contraste também é verdadeiro: Existem igrejas grandes em bairros bons que não consegue cumprir os seus compromissos missionários. Porque que isso é possível? Provavelmente porque faltou planejamento, visão e fé.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário