sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O SOBERANO - ACIMA DE TUDO


"Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro;"  Ef. 1.21

Por Cristo ser o Filho de Deus muitos usam a lógica e pensam que Cristo é menor ou inferior ao Pai. Mas, o que o homem pensa não é a realidade. A verdade é que o próprio Deus Pai chama o Seu Filho de Deus e este nome indica um Deus Triuno (Heb 1:8; Sal 45:6,7).

Cristo, mesmo sendo Filho, têm todos os atributos de Deus:
santidade - Heb 4:15, eternidade - João 1:1,2; 8:58, onipotência - João 1:3; Mat. 11:27, onisciência - Mat. 27:18; João 2;25; 13:11 (a não ser o que o Pai esconde do Filho - Mat. 24:36). Cristo, de posição, é O Filho eterno, mas na qualidade de Cristo é Deus. Cristo nunca, com a Sua mente divina, achou que era errado "ser igual a Deus" (Fil. 2:6). Os que crêem na Sua Palavra não devêm pensar nada menos.

Muitos pensam, também, que pelo fato de Cristo ser feito homem Ele se tornou inferior ao Soberano Deus. É verdade que Cristo, como homem e por causa da paixão da morte, nasceu de mulher e sob a lei (Gal 4:4) para ser feito homem, uma posição um pouco inferior a que os anjos ocupam (Heb 2:9). Para que fosse o Salvador do pecador, Jesus "esvaziou-se a Si mesmo" (Fil. 27) da qualidade de Deus para também ser homem. Cristo não foi forçado a ser feito carne mas "humilhou-se a Si mesmo" (Fil. 2:8).

Cristo veio ser obediente até a morte para poder ser o Salvador dos pecadores que o Pai havia dado a Ele (João 6:37; 17:2,6,9,11,24). Mas, em meio a toda a sua condescendência (rebaixamento voluntário) (João 6:38) nunca deixou Jesus de "ser igual a Deus" (Fil. 2:6; João 10:30). Cristo, na carne, nunca, em nenhuma parte, foi menos do que Deus e isso fica claro quando consideramos os seguintes feitos revelados na Palavra de Deus: 

Como homem Jesus se cansou (João 4:6) mas como Deus Ele dá descanso para os que vêm a Ele (Mat. 11:28-30);

Como homem Jesus sofreu sede (João 19:28) mas como Deus Ele dá água da fonte de água que salta para a vida eterna (João 4:14);

Como homem Cristo teve fome (Mat. 4:2) mas como Deus Ele partiu os pães e saciou a fome das multidões (Mat. 14:19-21) e como Deus Cristo é o pão da vida (João 6:48). 

Como homem Jesus foi tentado em tudo mas como Deus, Ele ficou "sem pecado" (Heb 4:15);

Como homem, Cristo usou um barco para se transportar de um lado do mar ao outro, mas como Deus até o vento e o mar lhe obedeceram (Mar 4:39-41) e até mesmo andou por cima do mar (Mat.. 14:25);

Como homem Cristo morreu, mas como Deus Ele ressuscitou (João 10:18) vencendo a lei, o pecado e a morte (I Cor 15:54-57).

Sem a menor duvida, Cristo, na carne e na terra, era como Ele mesmo disse, "Eu e o Pai somos um" (João 10:30).

Cristo foi mesmo obediente em tudo, até a morte (Fil. 2:8) e com isto satisfez por completo o Deus Pai (Isa 53:11). Cristo foi exaltado soberanamente e posto à direita de Deus Pai nos céus (Fil. 2:9; Efés 1:20). Cristo não é limitado pelo corpo e pela posição de homem mas agora plenamente na posição de Deus e assim ACIMA DE TUDO! Ele têm uma posição de honra e glória que é difícil para a mente humana perceber no seu total. Mas não há necessidade de se preocupar: Cristo está ACIMA DE TUDO!

Qualquer principado (dignidade de príncipe), ou poder (ter faculdade de ou ter possibilidade de), ou potestade (dominação, autoridade ou senhorio) ou nome é menor que Cristo (Ef. 1:21). A Cristo é dada exaltação soberana "para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai" (Fil. 2:9-11).

Por Cristo ser o agrado do Deus Pai em tudo, "todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16). Por Cristo estar ACIMA DE TUDO há a salvação de qualquer pecador! Aquele que está ACIMA DE TUDO intercede eternamente pelo seus (Heb 7:25), segurando-os Sua mão (João 10:28), com Deus Pai os aperfeiçoando até ao dia de Jesus Cristo, a obra que o próprio Pai começou (Fil. 1:6). Não há morte, nem vida, nem anjos, nem principados, nem potestades, nem o presente, nem o porvir, nem altura, nem profundidade, nem alguma outra criatura que pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo, o ACIMA DE TUDO (Rom 8:38,39). Por isso o crente está seguro! 

Os que estão naquele que está ACIMA DE TUDO têm a confiam que Deus pode "fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder (Cristo) que em nós opera" (Ef 3:20; Fil. 4:13). Por isso o crente pode ser vitorioso! Por Cristo estar ACIMA DE TUDO o crente pode ser santificado pois aquele que confessa tudo a Deus é perdoado e purificado pelo sangue de Cristo (I João 1:9; I Pe 1:18,19). Não há pecado nenhum, nem desobediência nenhuma por parte do crente que pode frustrar o proposto do ACIMA DE TUDO que veio padecer "para levar-nos a Deus" (I Pe 3:18). Por isso o crente em Cristo é confiante e feliz!

Um aviso para os que estão confiando em algo além de Cristo Jesus para a sua justiça. Deus só aceita os que vêm a Ele por Cristo (João 14:6). Ninguém satisfez a Deus da mesma forma que Cristo Jesus. Ninguém é exaltado soberanamente senão Cristo Jesus. Confiar em outro ser além de Jesus Cristo ou confiar em outro e também nEle é o mesmo que não ter a salvação que vêm de Deus, pois tudo foi sujeitado unicamente aos pés de Cristo. Unicamente Cristo está ACIMA DE TUDO.

Por Litrazini

Graça e Paz




Nenhum comentário:

Postar um comentário