domingo, 25 de outubro de 2015

DEUS SUPRIRÁ TODAS AS SUAS NECESSIDADES

Disse Paulo aos filipenses: "Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades conforme as suas riquezas na glória em Cristo Jesus."(Filip. 4:19)

Que promessa isto é para os cristãos!

A FONTE É DEUS – "meu Deus", como O chama o apóstolo. O suprimento é inesgotável – "conforme as suas riquezas na glória". E o Salvador é o canal através do qual essas riquezas chegam até nós. A equação é totalmente a meu favor.

As minhas necessidades são contrabalançadas com as riquezas dEle. Não há arranjo melhor do que este, para mim. Não importa do que eu precise, Ele é mais do que capaz de me satisfazer.

Não devemos tratar a Deus como disse um escritor anônimo: "Algumas pessoas tratam a Deus como tratam a um advogado – só O procuram quando estão em apuros."

Eu percebo que preciso mais de Cristo nas minhas horas de regozijo do que nas de dificuldades, problemas e adversidade.

Muitas vezes, cometemos o erro de pensar que a ajuda de Deus só é necessária nos quartos de doentes ou em horas de tristeza e sofrimento esmagadores. Isto não é verdade.

Jesus quer penetrar em cada estado de ânimo e em cada momento de nossas vidas. Ele foi ao casamento em Caná do mesmo modo que à casa de Maria e Marta, quando Lázaro morreu. Ele chorava com os que choravam e se regozijava com os que se regozijavam.

Alguém já disse: "Há tantas estrelas no céu ao meio-dia quanto à meia-noite, embora não as possamos ver à luz do sol."

Duvido seriamente que algum dia compreenderemos nossas provações e adversidades, antes de estarmos na segurança do céu. Então, quando olharmos para trás, ficaremos absolutamente espantados ao ver como Deus cuidou de nós e nos abençoou mesmo nas tormentas da vida.

Enfrentamos diariamente perigos de que nem nos damos conta. Freqüentemente, Deus intervém a nosso favor por intermédio do uso de Seus anjos maravilhosos.

Não creio que coisa alguma aconteça a um cristão obediente por acidente. Tudo faz parte do propósito de Deus."Sabemos que aos que amam a Deus todas as coisas lhes cooperam para o bem, a saber, aos que são chamados segundo o seu propósito."(Romanos 8:28)

Novamente, o apóstolo Paulo falou: 

"Tudo isso é por amor de vós, para que a graça, sendo multiplicada por muitos, faça abundar a ação de graças para a glória de Deus. Por isso não desanimes; mas ainda que pereça o homem exterior, o homem interior renova-se de dia em dia. Pois a nossa leve aflição momentânea para nós produz cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória." (II Cor. 4:15-17)

Ainda outra vez escreveu aos coríntios: "Todas as coisas são vossas, (...) ou o mundo, ou a vida, ou a morte, ou as coisas presentes ou as futuras; é tudo vosso." (1 Co. 3:21,22)

Extraído do livro: A Segunda Vinda de Cristo: Perspectiva do Sofrimento de Billy Grham

Por Litrazini


Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário