sexta-feira, 27 de julho de 2018

A TRANSFORMAÇÃO QUE A BÍBLIA PROVOCA


A Bíblia é um livro extraordinário, porque sua aceitação e influência são atestados mundialmente. É o livro mais publicado no mundo. É o livro mais traduzido do mundo. Seu conteúdo tem produzido mudanças marcantes na vida dos mais diferentes tipos de homens: desde bandidos até religiosos sinceros; desde grandes autoridades, homens doutos, até os mais simples e iletrados; desde os mais ricos e abastados financeiramente até aqueles que carecem do favor do próximo para sobreviver. Todos têm sido alvo do poder transformador da Bíblia, um livro extraordinário.

A BÍBLIA DEVE SER USADA CORRETAMENTE
Hoje em dia, muitos ministros sofrem pressões quase que insuportáveis para assumir todas as responsabilidades ministeriais, deixando ou relegando a uma posição de menor importância sua maior responsabilidade: a proclamação da Palavra de Deus. Muitos têm sido desafiados a fazer suas comunidades crescerem e, para satisfazer as demandas, têm-se tornado psicólogos, porta vozes dos conceitos de auto ajuda, narradores de histórias e até humoristas. Querem alcançar, motivar e fazer crescer, de todas as maneiras, seu auditório e, assim, usam de quaisquer métodos. Usam a Bíblia com o objetivo de satisfazer seus ouvintes, fazendo-os sentirem-se bem.

A BÍBLIA COMO FONTE DE ESTUDO E PREGAÇÃO
Muitos pregadores têm se esquecido das últimas e importantes recomendações do apóstolo ao seu filho Timóteo: "Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina" (2Tm 4. 2). Em acréscimo a essa recomendação, ele destacou que esse procedimento deveria acontecer, pois "virá o tempo" (v.3) em que os homens se inclinarão para ouvir aquilo que lhes faz bem. Isso já acontecia nos tempos de Paulo e de Timóteo, e, certamente, é o que acontece em nossos dias. Afinal, os "últimos dias" (2Tm 3. 1; ARA), esse tempo foi iniciado com a vinda de Jesus e será concluído com seu retorno.

A BÍBLIA DEVE SER PREGADA COM FIDELIDADE
Por certo, todos os que exercem o ministério de proclamação devem optar entre a teoria de "falar às pessoas o que elas gostam de ouvir" e a responsabilidade ministerial de "pregar a palavra a tempo e fora de tempo". Paulo não sugeriu realizar uma pesquisa para saber o que as pessoas queriam ouvir. Ele conscientizou o jovem pastor a pregar a Palavra com fidelidade, repreensão e paciência. Esse é o chamado. Essa é a nossa responsabilidade.

Valorizaremos a Bíblia, aproximando-nos dela com reverência, atenção e receptividade. Aproximemo-nos da Bíblia em dependência, amor, submissão a Deus, reconhecendo nele o seu autor, pois a Bíblia é a Palavra de Deus.

A BÍBLIA É O ÚNICO MANUAL APROPRIADO PARA A VIDA HUMANA
Alguém já disse que a Bíblia e o ser humano foram feitos para andar juntos, pois ambos foram originados pelo mesmo sopro de Deus. Em meio ao Jardim do Éden, a comunicação se dava de forma audível. Depois, a comunicação se deu interiormente por intermédio do Espírito Santo falando ao espírito humano. E, finalmente, a comunicação se deu por meio da linguagem escrita, por meio da qual Deus pode dar instruções à humanidade sobre a maneira correta de viver. Alguns a têm chamado, com acerto, de "manual do fabricante". O seu autor, o próprio Deus, quer que leiamos, estudemos, meditemos e coloquemos em prática os seus ensinamentos, pois eles são o guia de instrução para a vida humana.

A BÍBLIA REVELA O PASSADO DO SER HUMANO
A Bíblia revela nosso passado, isto é, nossa origem. Nos dias de hoje, o homem tem procurado mais do que nunca conhecer sua gênese e o que faz neste planeta. Qual é o sentido da vida e de onde ela surgiu. A Bíblia nos revela que somos criados por um ato exclusivo da bondade de Deus, pois Ele nos criou perfeitos, mas o pecado causou a perda dessa comunhão (Gn 1.31, 3.22-24; Is 59.2). Contudo, a Bíblia mostra algo muito mais importante: que desde o início (Gn 3.15) o próprio Deus planejou a reconciliação do ser humano consigo mesmo, por intermédio de Jesus Cristo, seu Filho.

A BÍBLIA REVELA O FUTURO DO SER HUMANO
A Bíblia revela nosso futuro, isto é, nosso destino eterno. Ela revela que Deus deseja viver eternamente com sua criação. Mas ela revela também que o único caminho para o céu, para essa eternidade com Deus, é uma pessoa, Jesus Cristo (Jo 14.6; 1 Tm.2.5) . O futuro do ser humano, que reconhece e aceita esse plano divino, é garantido pelas promessas de Deus. Quem aceita esse plano tem certeza de seu futuro (Rm 8.16-17).

A BÍBLIA REVELA O PRESENTE DO SER HUMANO
A Bíblia revela o presente, isto é, a peregrinação de todo ser humano. Na Bíblia temos as instruções para nossa vida cotidiana. Ela revela verdades infinitas e profundas que mostram que o homem não consegue viver satisfatoriamente enquanto se encontrar alienado de Deus. Quando o homem está longe de Deus, sua peregrinação é feita por tentativas, e ele precisa da Bíblia, pois ela é"...lâmpada que ilumina os [..] passos e luz que clareia o [..] caminho..." (Sl 119. 105). A Bíblia está repleta de mensagens que libertam, salvam e restauram as vidas humanas. A Bíblia mostra a tendência humana por outros métodos que não satisfazem verdadeiramente aqueles que necessitam de alívio (Jr 2.13). A Bíblia mostra que, para o presente do homem, a solução é andar com Deus. Essa é a grande mensagem da Bíblia.

A BÍBLIA É FUNDAMENTAL PARA A VIDA HUMANA
A vida humana será alimentada e fortalecida desde que leiamos e estudemos a recomendação divina, acreditemos nela e a obedeçamos: "...não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas ponham em prática o que ela manda..." (Tg 1. 22 BLH).

A BÍBLIA DEVE SER ESTUDADA
Assim como nos alimentamos freqüentemente para desenvolver nosso físico, a Bíblia deve ser estudada com freqüência, pois nosso espírito requer atenção ainda maior. A Bíblia é o nosso alimento espiritual para a vida e crescimento. Como disse Jó (23. 12), devemos entesourar as palavras da boca de Deus mais que o alimento que nos é indispensável.

A BÍBLIA DEVE SER PRATICADA
A Bíblia deve ser posta em prática, pois só assim comprovaremos o seu valor. A aplicação pode acontecer em dois aspectos: em nossa relação com o próximo e em nossa relação com Deus. É necessário colocarmos em prática aquilo que ouvimos, lemos, estudamos e acreditamos acerca da Palavra de Deus. Isso é vontade em ação. Emnossa relação com os outros, devemos ficar atentos e perceber se temos exemplos a seguir, erros a evitar, pecados a confessar, ordens a obedecer, promessas a apropriar e orações a fazer. Em nossa relação com Deus, nossa atenção deve estar voltada para reagirmos com fé, clamar por suficiência, reagir com obediência e submetermo-nos com reverência. Somente com essas atitudes experimentaremos que a Bíblia é o alimento que fortalece a vida humana.

A BÍBLIA DEVE SER PROCLAMADA COM EXATIDÃO
A Bíblia também deve ser proclamada a todo ser humano, pois como disse Paulo a Timóteo: "... as sagradas letras podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus..." (2Tm 3.15; ARA). É responsabilidade de todo cristão ser testemunha de Jesus Cristo a todas as nações. A maneira mais prática de experimentar o poder transformador da Bíblia é proclamá-la àqueles que ainda estão longe de Deus. Como Palavra de Deus, ela é a semente que germina e cresce. O homem de hoje, mais que nunca, precisa ser confrontado com a mensagem da salvação que proclama o arrependimento dos pecados e a fé em Jesus Cristo.

Ora, tendo comprovado a importância da Bíblia, o ministério de proclamação deve ser obrigatoriamente fundamentado em sua pregação como Palavra de Deus. Cabe a cada um dos que assumem o púlpito, as salas de aula ou outros centros de ensino, fazer uma profunda avaliação a fim de constatar de que maneira estão proclamando a Bíblia, lembrando que ela é a genuína Palavra de Deus!               

Itamir Neves de Souza

Por Litrazini
Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário