quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

QUAL O OBJETIVO DA GRANDE TRIBULAÇÃO


Tudo o que Deus faz tem um propósito claro e bem definido. A Grande Tribulação não será deflagrada visando à destruição da Terra ou o mero castigo do ser humano. Ela visa:
1) LEVAR OS HOMENS A SE ARREPENDEREM DE SEUS PECADOS: “E, por causa das suas dores e por causa das suas chagas, blasfemaram do Deus do céu e não se arrependeram das suas obras” (Apocalipse 16.11).
2) DESTRUIR O IMPÉRIO DO ANTICRISTO: “E o quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e os homens mordiam a língua de dor” (Apocalipse 16.10).
3) IMPLANTAR O REINO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO: “Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e esse reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos e será estabelecido para sempre” (Daniel 2.44).

QUEM PASSARÁ PELA GRANDE TRIBULAÇÃO
HÁ DOIS GRUPOS DISTINTOS QUE PASSARÃO PELA GRANDE TRIBULAÇÃO:
1) OS JUDEUS: “E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o varão. E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar” (Apocalipse 12.13-15).
2) OS GENTIOS: “Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição. Os reis da terra se prostituíram com ela. E os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias” (Apocalipse 18.3).

HAVERÁ SALVAÇÃO DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO
Quando se estuda a Grande Tribulação, a pergunta é inevitável: Haverá salvação neste período? O livro do Apocalipse mostra dois grupos distintos de salvos:
1) Os 144 mil provenientes de todas as tribos de Israel (Apocalipse 7.4-8); 2) E os gentios martirizados por causa do testemunho de nosso Senhor Jesus Cristo (Apocalipse 7.9-14).

A Bíblia, apesar da oposição do Anticristo, continuará a ser largamente ensinada. Enganam-se, pois, os que afirmam que, após o Arrebatamento da Igreja, as Sagradas Escrituras perderão a sua inspiração sobrenatural e única.

Precisamos tomar muito cuidado com tais ensinamentos, pois não contam com nenhum respaldo bíblico. Diz o profeta Isaías: “Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente”(Isaías 40.8).

Estejamos, pois, devidamente apercebidos, a fim de que não sejamos pegos de surpresa no dia do Arrebatamento da Igreja. Os que não subirem terão de enfrentar a Ira do Cordeiro. Infelizmente, muitos são os que se acham a ressonar a morte espiritual. É hora de despertar deste sono! Caso contrário, como haveremos de escapar à Grande Tribulação?

Pr. Claudionor Corrêa de Andrade

Por Litrazini
Graça e Paz


Nenhum comentário:

Postar um comentário