segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

JESUS E O CUMPRIMENTO DA PALAVRA

NO NASCIMENTO DE JESUS: Desde o Éden já havia a previsão do cordeiro (Gn 3.15). O patriarca Abraão já havia antevisto o cumprimento da promessa (Gn 22.13-14). Os profetas profetizaram o nascimento de Jesus (Is 7.14; 53; 61). E Jesus nasceu como cumprimento da Palavra (Mt 1.22-23; 2.5-6).

NA VIDA DE JESUS: nada em Jesus acontecia por acaso ele recorria as Escrituras (Lc 4.17) e elas se cumpria na sua própria vida (Lc 4.21) Jesus fez questão de andar conforme a Palavra de Deus.

NA MORTE DE JESUS: Até o momento mais difícil de seu ministério aconteceu segundo as Escrituras (Is 53; Sl 69.21). Seu grito de Dor (Sl 18.6; Is 53.3), sua trágica morte, suas roupas sorteadas (Sl 22.18), o sol se escurecer (Am 8.9), seu sangue aspergido (Lv 17.11), o abandono dos discípulos (Zc 13.7), Tudo foi previsto pela palavra, Deus prevê todas as coisas. Até o fato de Jesus morrer do lado de fora de Jerusalém (Hb 13.11-12).

NA RESSURREIÇÃO DE JESUS: Não poderia ser diferente. A linda história de Jesus não poderia terminar sem a ressurreição. O que ele mesmo previu, fazendo uso da Palavra (Mt 16.21; 27.63; Lc 24.6-7). Cada passo na vida de Jesus foi de acordo com as Escrituras (Sl 16.10; 18.4; Lc 24.44-45; At 2.27; 13.33). Ele nos deixou o exemplo para que o seguíssemos.

A Palavra não é uma teoria vazia. Ela é o poder de Deus que se manifestou na vida de muitas pessoas e de muitas maneiras:

EXPULSÃO DE DEMÔNIOS: As pessoas ficavam admiradas com a nova doutrina de Jesus quando ele expulsava um demônio (Mc 1.27), Jesus não fazia apenas teoria da Palavra, não usava de argumentos vazios, mas dinamizava a Palavra e a fazia executar os propósitos divinos (Is 55.11)

MILAGRES: Os milagres se tornavam cada dia mais comum na vida de Jesus, mas havia um detalhe comum a todos eles: fé na Palavra de Jesus (Lc 5.5). Jesus falava e as pessoas acreditavam que era a Palavra de Deus e recebiam a cura. 

TENTAÇÃO: Jesus venceu um dos momentos mais difícil de seu ministério apropriando-se e citando a Palavra de Deus (Mt 4.1-11). Não da para inventar, não dá para buscar novas formulas para se vencer na vida cristã, pois o segredo da vitória é a arma mais eficaz para vencer as tentações: a Palavra de Deus (Ap 12.11).

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário