segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

COMO SE TORNAR UM DISCÍPULO

Jesus estabelece as condições para se tornar um discípulo - "E chamando a si a multidão com os discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me...” (Mc 8:34-35)

"Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo." (Lc 14:33)

Negar-se a si mesmo.  (Mc 8:34) - Não só aos pecados, mas a si mesmo.

Tomar a sua cruz (Mc 8:34) - Foi onde Jesus perdeu a vida.

Perder a própria vida (Mc 8:35). Deus só pode governar a minha vida se eu a entrego voluntariamente. Mas para fazer isto eu devo estar disposto a perdê-la.

Renunciar a tudo por Jesus  (Lc 14:23) - Se a minha vida já não me pertence, quanto mais o resto. " ... já não sou mais eu quem vive, mais Cristo vive em mim"

A Submissão Total a Autoridade de Jesus não é uma Opção para o Salvo, mas uma Condição para Ser Salvo

Em face desta verdade podemos observar que hoje há no mundo três tipos de homem. O primeiro não quer saber de Deus. O segundo está muito interessado em Deus. O terceiro vive para Deus. São eles:

O incrédulo: Não quer dizer necessariamente ateu. É alguém que não tem interesse em Deus. Controla todas as áreas de sua vida conforme a sua vontade e para seu próprio prazer. Tem o EU no centro de sua vida. Ele vive para si mesmo.

O religioso: É muito diferente do incrédulo. Acredita em Deus, lê a Bíblia, ora, canta, vai a reuniões, chama Jesus de Senhor, etc. Mas como o incrédulo tem o EU no centro. Vive para si mesmo. E Deus? Deus existe para abençoá-lo, curá-lo, servi-lo e salvá-lo. É um quebra-galho. Este está pior que o incrédulo porque está se enganando.

O Discípulo: Não vive mais para si mesmo. Vive para Deus. Toda sua vida está estruturada em função da vontade de Deus. Jesus é o seu Senhor.

O verdadeiro arrependimento tira o homem do centro e coloca Jesus no centro de tudo.

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário