segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

CONSERVE SUA CASA EM ORDEM

Jesus, enquanto esteve aqui na terra, censurou os líderes religiosos da época, pois se preocupavam apenas com a fachada, não se interessavam em edificar ou restaurar a parte interior.

Por isso, o Senhor os chamou de hipócritas e os comparou a sepulcros caiados, que por fora se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos, de mortos e de toda imundície.

Em Mt. 26.21 e 22, quando Jesus disse que um dos Apóstolos o trairia, cada um ficou a perguntar: “Porventura, sou eu Senhor?” Eles não se preocuparam em passar para terceiros a necessidade de conserto em suas vidas.

Adão, após o pecado, ao ser chamado por Deus para por em ordem o seu mundo interior, perdeu a oportunidade de reparar o pecado de sua vida ao transferir a culpa do pecado para a esposa Eva.

Tão importante quanto fechar as brechas, fortalecer as áreas enfraquecidas, utilizar as armas disponíveis, é manter a nossa casa em ordem. Nosso pior inimigo, somos nós mesmos. É a vontade da carne e, a nossa natureza voltada para os prazeres do mundo

Devemos manter a nossa casa em ordem, mesmo durante a calmaria, pois nestes momentos, costumamos relaxar a guarda e, sem a menor resistência cedemos ao inimigo.

É assim que se encontram muitos que, no passado, viveram tempos de glória, de paz, de bonança e que hoje se encontram na miséria, em crise, não apenas conjugal, familiar, social, econômica, mas especialmente, espiritual.

Na verdade, quando estamos enfrentando lutas, colocamos em ordem nossa casa. Aí então buscamos em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça, na certeza de que, se Ele não for à nossa frente, certamente seremos derrotados.

Ao obtermos a vitória, começamos a saboreá-la, em vez de nos mantermos com os olhos fixos em Jesus, distraindo-nos. Talvez seja esse o motivo do Senhor permitir certas situações em nossas vidas.

A nossa luta não finda. Nela não há acordo, nem trégua, nem férias. O que há é uma constante renovação de estratégias do inimigo, que, mesmo sendo derrotado, visa nos vencer da próxima vez.

Por isso devemos manter nossa casa em ordem, para que ele não encontre falhas e nos pegue desprevenidos. “Passadas que foram as tentações de toda sorte, apartou-se dele o diabo, até o momento oportuno.” (Lc. 4.13)

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário