quarta-feira, 28 de julho de 2021

ONDE VIVER A ETERNIDADE

Nós todos sabemos com certeza se estamos trabalhando e se estamos ou não casados. A grande maioria, porém, não sabe se tem vida eterna ou não.

A maioria das pessoas que viajam sabe qual será o seu destino final - onde vão viver a eternidade - e poucos saberão responder!

Esta incerteza provém de uma visão errada do que seja obter vida eterna e ir para o céu.

Se você perguntasse a uma pessoa comum como é preciso fazer para ter a vida eterna, sua resposta incluiria uma ou mais frases abaixo:

Viver uma vida honesta; Obedecer os dez mandamentos; Frequentar uma igreja e obedecer as leis de alguma religião; Amar o nosso semelhante; Ser batizado e fazer a primeira comunhão; Seguir os ensinos e o exemplo de Cristo.

Todas essas respostas indicam algo que o homem faz ou tenta fazer. Refletem a ideia popular de que a vida eterna no céu é uma recompensa que o homem consegue na base do esforço próprio.

A Bíblia, porém, afirma claramente que não é possível ganhar um lugar no céu na base do esforço ou mérito próprio.

A vida eterna não é uma recompensa pelo que tenhamos feito ou tentado fazer; é um dom, um presente gratuito. “O dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6:23). “Pois pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2:8,9).

Enquanto pensarmos que precisamos conquistar nossa vaga na presença de Deus, nunca poderemos estar certos de que fizemos o bastante para merecer o céu.

Quase todos nós, quando conseguimos ser honestos conosco mesmos. Admitimos que não somos suficientemente justos em comparação com os padrões perfeitos de Deus.

Por isso, para muitas pessoas, dizer “Tenho certeza de que vou para o céu” parece o máximo do orgulho e da arrogância.

De fato, seria, se o céu fosse alcançado por meio de boas obras.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário