sexta-feira, 27 de agosto de 2021

AMADOS DE DEUS

Fomos feitos para viver na presença divina, mas, a queda do homem rompeu o relacionamento ideal.

Somente umas poucas pessoas no A T. tiveram o privilégio de uma amizade com Deus.

Moisés e Abraão foram chamados amigos de Deus Davi foi chamado um homem segundo o coração de Deus e Jó, Enoque e Noé eram amigos íntimos de Deus (Ex. 33.11,17; 2 Cr.20.7; Is.41.8; Tg.2.23; At. 13.22; Gn.6.8; 8.22; Jô 29.4; Rm.5.11).

Entretanto medo de Deus e não amizade eram mais comuns no A T.

Todavia Jesus mudou a situação quando pagou nossos pecados na cruz. O véu da separação foi rasgado e o acesso direto a Deus estava novamente disponível.

Conhecer e amar a Deus é nosso maior privilégio e sermos conhecidos e amados é o maior prazer de Deus.

Conversando constantemente. Uma forma de orar continuamente é utilizar orações de um fôlego ao longo do dia.

Escolha uma frase curta que pode ser repetida para Jesus em uma respiração. Tu estás comigo; Eu recebo a tua graça; Eu dependo de ti; Eu quero conhecer-te; Eu pertenço a ti; Ajuda-me a confiar em ti; Eu quero conhecer-te; Eu pertenço a ti; Ajuda-me a confiar em ti;

Você também pode usar uma frase curta da Bíblia: Para que eu viva em Cristo; jamais me deixarás; Tu é o meu Deus.

Faça essas orações com a maior frequência possível, para que fiquem profundamente enraizadas no seu coração. Mas a sua motivação tem que ser de honrar a Deus e não controlá-lo.

Através da meditação contínua. A Bíblia nos exorta repetidamente a meditar quem Deus é, o que ele fez e o que ele disse. É impossível amar a Deus deixando de lado o conhecimento do que ele diz.

As orações permitem que você fale com Deus; as meditações permitem que Deus fale com você. Ambas são essenciais para se tornar amado de Deus.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário