sexta-feira, 5 de outubro de 2018

A TERAPIA DE DEUS


A TERAPIA DE DEUS É  : Arrependimento  Þ  Confissão Þ  Perdão - Quem oculta não tem disposição de deixar   Sl 32:2;5    I Co 15:3   I Jo 1:9

ARREPENDIMENTO  -  Mudança de atitude; Disposição verdadeira de não fazer mais aquilo.

CONFISSÃO - Confessar é o oposto de ocultar transferir, justificar. Confessar é colocar na luz, dizer a verdade, assumir responsabilidade por nossos atos. É dizer com contrição e arrependimento : “Pequei”. É dizer com a boca o que fizemos. ( Achamos que se as pessoas souberem nossos pecados vão nos rejeitar. Mas na maioria das vezes elas já sabem). A confissão deve ser feita a Deus, aos ofendidos e uns aos outros. Tg 5:14-16. Devemos ser específicos com Deus. Dar nomes aos pecados quando os confessamos.

APÓS A CONFISSÃO : Apropriar-se do perdão de Deus  (Is 43:25  Mq 7:18-19 ). Não ficar lembrando aquilo que deus não lembra mais. Perdoar a si mesmo. (Deus lança nossos pecados no fundo do mar e escreve: proibido pescar - lançou na conta de Jesus)

PERDÃO - O mundo espiritual é tão real quanto o natural, só que não podemos ver. Quando perdoamos uma pessoa algo acontece no mundo espiritual, um verdadeiro milagre de Deus.

Perdoar é liberar a pessoa da culpa mesmo havendo culpa. É atitude de humildade; Pedir perdão é reconhecer a sua culpa. Ex.: A mulher que perdoou o sobrinho que tinha usurpado sua herança. A mulher que perdoou seu estuprador.

Lc 17:1-10 - Quem perdoa não faz nada mais que seu dever. Quem pede perdão não faz nada mias que seu dever.

O remédio de Deus é amargo, mas é o único que cura.

RESSENTIMENTOS
É uma indisposição em perdoar. Você normalmente não admite que está ressentido, mas ao tocar no nome daquela pessoa ou situação, brota um sentimento ruim dentro de você. Diz que não tem nada contra, mas não quer relacionamento com a pessoa envolvida. Ex.: Se você der uma batida numa maçã ela fica escura e isso vai crescendo. Mas se cortarmos o pedaço machucado, ele não se espalha.

Ressentimento produz amargura : Hb 12:15  amargura provoca : Problemas nervosos, Insônia, Dor de cabeça, Esgotamento, Artrite, Pressão alta, Palpitações, Úlceras , etc.

DOIS ASPECTOS :
INVOLUNTÁRIO (emocional): não quero sentir mais sinto. Normalmente ocorre quando nos magoamos com pessoas que amamos.
VOLUNTÁRIO: não quero perdoar. É como um câncer : vai crescendo enquanto não é retirado.  Só faz mal para si mesmo. Pois as vezes o outro nem sabe. Causa enfermidade física. É o primeiro estágio , logo vem o ódio e em seguida a vingança.

COMO SE DETECTA : é uma sentimento negativo, uma amargura que aflora cada vez que vemos ou recordamos alguém que nos feriu. O ressentimento pode ser manifesto ou oculto, as vezes não admitimos.

COMO SE PRODUZ :  Alguém nos trata injustamente, nos agride, nos ofende, nos despreza, nos insulta, nos envergonha, nos ignora, nos humilha, nos trata mal, não nos paga, nos calunia, etc... Fomos feridos interiormente e essa ferida produz dor.

O ressentimento nos coloca em igualdade com o ofensor. Ex.: cabo de guerra - " ...solar e soltar-se-vos-hão", O ressentimento é uma brecha para os demônios, impede Deus de agir. Nos leva a fazer aquilo que mais odiamos. O perdão é a única maneira de quebrar este domínio.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário