sábado, 10 de agosto de 2019

COMO POSSO FAZER O BEM A MIM MESMA?


Posso fazer o bem a mim mesma, renovando a minha mente, me despojando do velho homem e me auto-aceitando. "No sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano; e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade. "(Ef 4.22-24.)

Dê a si mesma o valor que você tem como pessoa. Estabeleça suas próprias metas de vida. Saiba que, a vivência equilibrada das nossas emoções nos legitima como seres humanos e nos sensibiliza para a relação com Deus, trazendo se timento verdadeiro de felicidade.

Em segundo lugar, posso fazer o bem a mim mesma, me amando.
"A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." (Lucas 10.27.)

Eu tenho que me amar. Se não me amo, como poderei amar aos outros? Como poderei amar àqueles que me cercam?

Você já notou que uma mulher que não se ama é uma pessoa difícil de se conviver? Está sempre chateada, reclamando, nunca está contente nem consigo mesma. É difícil agradar a esse tipo de pessoa, porque nem ela mesma se agrada. O marido, os filhos e aqueles que vivem com ela não sabem como agir. É uma situação muito difícil.

A Palavra de Deus diz que devemos amar nosso próximo como amamos a nós mesmas. Se não amamos a nós mesmas, não teremos capacidade para amarmos os outros e, principalmente, para enxergarmos as suas necessidades.

Às vezes, a pessoa está tão fechada dentro de si mesma, que não se aceita, não se ama, não tem como perceber a necessidade dos outros. Ela está tão ocupada em reclamar, em ficar chateada, em ficar triste, que não dá nem espaço, não tem tempo para mais ninguém, nem para si mesma, deixando até mesmo de fazer as coisas que Deus quer.

As pessoas que não se amam são pessoas magoadas, amargas, difíceis de se conviver. A falta de amor por nós mesmas, afetará nossas amizades. Esta vida azeda afastará as pessoas de nós, trazendo solidão e dissabores.

Então, como posso mudar esta situação? Como posso fazer o bem a mim mesma?

Aceitando-me, amando-me e, também, me orgulhando daquilo que Deus fez, ou seja, da minha pessoa.

Orgulhe-se! Você é um desenho especial de Deus! O salmista Davi escreveu: "Eu te louvo porque de um modo terrível e maravilhoso fui formado. Maravilhosas são as tuas obras e a minha alma o sabe muito bem. "(Sl 139.14.)

Você sabia que Deus é o artista e você é a arte? Você é um desenho exclusivo.

Às vezes, um pintor famoso pinta um quadro e alguém o copia e o vende por um valor menor, porque é uma cópia, não é o original. Mas, você é original! Você é uma obra de arte valiosa! Você é um desenho exclusivo de Deus.

Não há duas pessoas iguais. Mesmo aquelas que são gémeas, se observarmos detalhadamente, veremos que têm alguma coisa que as diferencia. Deus tem o cuidado de nos criar cada um de uma maneira. Ele se orgulha da obra que fez. A obra de arte mais valiosa que Deus criou é você.

A quem devo fazer o bem? Primeiramente a mim mesma, me aceitando, me amando e me orgulhando daquilo que Deus fez.

Sou alguém especial e não vou permitir que as circunstâncias à minha volta determinem o meu estado de espírito ou a maneira que vou viver.

Extraído do livro Eu Queria Ser uma Mulher Assim de Autoria de Janice Coelho

Por Litrazini
Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário