domingo, 22 de novembro de 2020

VIVENDO E ANDANDO ESPÍRITO.

Os cânticos não são simplesmente música e sim algo que venha do profundo de nosso espírito. Não podemos deixar passar um irmão perto de nós e perder a oportunidade de profetizar, abençoar e orar pelo irmão. Temos que nos livrar de toda frieza para que possamos experimentar essa verdade. Para isso precisamos ter uma vida de constante oração, meditação e contemplação do Senhor.

SEMPRE DANDO GRAÇAS A DEUS POR TUDO

Devemos manter uma atitude de louvor e gratidão por toda e qualquer coisa ao nosso redor. Devemos aceitar as determinações de Deus para a nossa vida sem murmurações ou queixas. Esse processo redunda em um tremendo quebrantamento de nosso ego com o fim de liberar a vida divina em nós, produzindo um verdadeiro enchimento de dentro para fora. Esse é o aspecto subjetivo da cruz, diário e constante.

SUJEITANDO-VOS UNS AOS OUTROS

Quando nos esvaziamos de nossas defesas e orgulho Deus pode, então, encher-nos com o seu Espírito. A sujeição ao Corpo de Cristo quebra o orgulho e a auto suficiência de tal maneira que nos deixa prontos para sermos cheios do Senhor.

Portanto quando somos cheios do Espírito podemos, com maior tranquilidade sabermos que estamos descansando nEle e que assim andamos no Espírito. E já sabemos qual é o fruto de tudo isso.

Digo, porém: Andai pelo Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne. Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis.  Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. [...] E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Gálatas 5:16-18; 22-25

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 



Nenhum comentário:

Postar um comentário