domingo, 6 de dezembro de 2020

O ESPÍRITO SANTO RESTAURANDO A ALMA

- O Espírito Santo restaura nossa alma, quando transformamos nossa inquietação em oração, súplica e ação de graças, e creia que ele ministrará a paz de Deus como proteção para a alma (Fp.4.6-7).

- O Espírito Santo cuida da nossa alma, quando lançamos sobre Jesus toda a nossa ansiedade (I Pe 5.7).

- Recebendo a Palavra de Deus, viva e eficaz como repouso (v.9), ela discerne os pensamentos e intenções do coração. O Espírito Santo é como um médico que ministra o tratamento para a cura; não esconda nada (HB. 4.12-13).

- Se já não encontra suas forças, o espírito Santo não o deixará desfalecer, a sua alma será renovada agora, e também dia após dia (II Co 4.16)

- Se os problemas e embaraços se repetem: sua avó era assim, seu pai era assim, e você parece ter os mesmos erros e diz que isso é maldição hereditária: declare hoje que Jesus se fez maldito por você, e quebrou todas as maldições lá na cruz (Gl. 3.13)

- O Espírito o restaura para que ao viver no meio de uma geração corrompida e perversa você resplandeça como astro no mundo (Fp. 2.14-15).

- O Espírito o restaura para ser um vaso de honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, preparado para toda boa obra. Um novo relacionamento na família, amigos e irmãos (II Tm. 2.20-21).

- O Espírito Santo o restaura, tirando-o dum lago horrível, de um charco de lodo, pondo os seus pés sobre a rocha (Jesus) e firmando os seus passos. Agora você pode cantar, pois há um novo hino na sua boca (Sl. 40.1-3).

- Creia e declare que Jesus tomou sobre si todas as suas enfermidades e dores. Se tornou aflito, ferido, e oprimido por você. O castigo de Jesus na cruz nos trouxe a paz, e pelas suas pisaduras fomos sarados (Is. 53.4-5).

- Comece a praticar o desligamento do mundo, e o apego às realidades celestiais pertencentes a alma. Você não será mais um cidadão deste mundo, mas transferirá sua cidadania para os lugares celestiais.

Transcrito por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário