terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

A NATUREZA DO AMOR A DEUS

Jesus não teve a menor hesitação em afirmar que o primeiro, o maior e principal dos mandamentos era este: “Amarás teu Deus...” (Mc 12.30). Para o Senhor era a obediência a este mandamento que dava à fé que ele pregava toda a sua novidade.

É o amor a Deus que cria uma atmosfera nova para a relação entre o ser humano e o criador. Aqui encontramos um novo elemento jamais encontrado em qualquer religião fora da tradição judaico-cristão é que permite a pessoa, um relacionamento de intimidade e de estar à vontade na presença de seu Deus.

Este caráter distintivo da fé cristã se torna mais claro, quando comparado com outras religiões que tem um relacionamento entre o individuo e a divindade, como uma espécie de troca comercial.

A pessoa oferece seu culto a seu deus ou porque precisa receber algum benefício ou então para agradecer o que recebeu, para que seu deus não se ire e retire o benefício.

O cristão é aquele que ama a Deus e, por isso, alegra-se em sua presença e no fazer sua vontade. Não tem que apaziguar um deus iracundo e propenso ao castigo.

Ele o busca porque o ama e tem prazer em encontrar-se com Ele e em manter comunhão com Ele através do Espírito Santo. É evidente que este amor não está preso ou condicionado a benefícios recebidos ou sujeito a flutuações da vida.

O amor a Deus é um sentimento que envolve toda a vida da pessoa.

A descrição que Jesus faz deste amor é até certo ponto a mesma que é feita por Dt 6.5 onde este mandamento se encontra originalmente: é algo que envolve todo coração, toda alma e toda a força.

Isto quer dizer que envolve o sentimento e se prolonga por toda a vida e alcança todas as ações da pessoa. Mas Jesus acrescentou algo que não se encontra no texto original: “todo o teu entendimento”.

Não era algo desvinculado do raciocínio, é um amor consciente de si mesmo, de sua existência, que reflete sobre a sua razão de ser, na natureza e sobre suas consequências na vida de cada dia.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário