segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

EM QUEM DEVEMOS CRER?

Crede, diz Jesus. Mas em que? No Evangelho, acrescenta ele. E o que é o Evangelho?

Evangelho é a proclamação de uma notícia. Mas uma notícia adjetiva. É uma notícia boa. Trata-se de uma informação trazida de Deus aos seres humanos.

Deus aceita a todos aqueles que se arrependem visto que é amor em essência.

Assim, o primeiro conteúdo da fé é primeiramente uma afirmativa que se proclama verdadeira.

É preciso que a pessoa aceita essa afirmativa. Não há comprovações científicas. Os judeus buscam sinais. Os gregos querem a sabedoria (ciência). Mas o que prega o Evangelho? Uma afirmativa que precisa ser aceita pela fé.

Deus vem ao mundo para salvar os homens que se arrependem de seus pecados e voltem para ele.

O conteúdo da fé é mais do que simples palavras. Jesus não se contenta que os homens creiam nas suas palavras, mas quer principalmente que creiam nele. Não é meramente simples religião ou filosofia que se proclama.

O imperativo de Jesus é que creiam na sua pessoa, de uma forma tão natural como dizem crer em Deus. Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Jo 14.1.

Assim o Evangelho que Jesus proclama se identifica com ele mesmo. Não tem sentido aceitar as palavras de Jesus ou os seus ensinos sem a aceitação dele mesmo.

Por isso que o Evangelho é revolucionário à mente humana e de difícil aceitação por muitos. “...Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente. (Jo 6.66-69).

Nossa fé tem que ter base no Evangelho e não nas pessoas que pregam o Evangelho, ou na igreja que o ensina.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz


Nenhum comentário:

Postar um comentário