quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

A PALAVRA, NOSSA NUTRIÇÃO DIÁRIA

Um bebê saudável tem um apetite saudável. Se verdadeiramente nascemos do Espírito de Deus, teremos um apetite saudável.

A Bíblia diz “Desejai afetuosamente, como meninos, novamente nascidos, o leite racional, não falsificado para que vades crescendo,” (I Pedro 2:2).

Alimentar-se todos os dias. “Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia”. (Sl. 119.97)

Jó disse: “Do preceito de seus lábios nunca me apartei, e as palavras da sua boca prezei mais do que o meu alimento” (Jó 23:12).

Quanto mais alimento, mais rápido cresceremos, e menos machucados teremos.

Aceleremos o processo e evitemos sofrimentos futuros – fazer voto de ler a Palavra de Deus diariamente.

“Sem Bíblia, sem café da manhã. Sem leitura, sem alimento.”

Sejamos como Jó e coloquemos a Bíblia antes da barriga. Ao fazermos isso, seremos igual a uma árvore frutífera, forte e saudável árvore “Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará”. (Sl 1.2,3).

Todos os dias, procuremos um lugar quieto e mergulhemos totalmente na Palavra de Deus.
Às vezes, leremos com grande entusiasmo, e outras vezes a leitura parecerá chata e seca.

De qualquer forma, gostando ou não, o alimento será bom tanto para o corpo, quanto para a alma e espírito.

Quando era criança, sem dúvida, comemos sobremesa com grande entusiasmo. Talvez as verduras não fossem tão atraentes, para uma criança normal. Provavelmente, precisamos ter ser encorajados a comê-las.

Então, conforme amadurecemos na vida, fomos ensinados a nos disciplinar a comer alimentos mais saudáveis, porque são nutritivos e necessários para o nosso corpo, embora possam não ter sido, no momento, algo prazeroso para o paladar.

A prática constante da leitura bíblica, faz com que se torne um alimento nutritivo que produz alegria, prazer e santidade.

Façamos como Jeremias: Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó Senhor Deus dos Exércitos. (Jr, 15.16)

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário