sexta-feira, 28 de maio de 2021

ORAÇÃO DO JUSTO

"Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo..."

O pré-requisito para que Deus nos ouça é sermos justos, e temos essa justiça única e exclusivamente em Jesus Cristo.

Justiça significa viver e agir exatamente da maneira que Deus aprova.

Jesus Cristo foi a única pessoa sobre a terra que andou de modo tão perfeito nos caminhos do Senhor que Deus pôde lhe dar Sua plena aprovação.

A justiça, assim como a Bíblia a entende, é concedida a todos os que creem no Senhor Jesus: "Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê" (Rm 10.4).

A Bíblia fala de Abraão e diz que ele creu em Deus e que isso lhe foi imputado como justiça (Tg 2.23).

Essa justiça de Abraão mostrou seus frutos na maneira de viver de Abraão. Ela trouxe resultados; não era estática, mas muito dinâmica. E nós sabemos que as orações de Abraão foram atendidas pelo Senhor.

Igualmente a justiça que nós temos através de Jesus precisa ter consequências em nossa vida para que o Senhor possa ouvir as nossas orações. É uma justiça que se torna ativa.

Se a justiça que Jesus nos proporciona não se refletir em nossa vida prática, nossas orações ficarão sem poder.

"A oração fervorosa de um homem justo tem grande poder e resultados maravilhosos..." (A Bíblia Viva).

Isso não significa nada mais do que a justiça que Jesus nos dá produzindo seus frutos e resultados maravilhosos na prática.

A oração do justo tem conexão com fervor e seriedade; ela não é um ato isolado. E orar com fervor é uma das coisas que têm sua origem na justiça que recebemos através de Jesus!

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário