sábado, 31 de julho de 2021

PROGREDIR NO CONHECIMENTO DE DEUS

Ef 2:20-22 fala de nossas vidas como edifícios. Jesus falou que sem fundamento a casa iria ruir (Mt 7:24-29). Deus não vai permitir que construamos um edifício de vários andares sobre um fundamento inconsistente.

Em Hb 5:11 a 6:3 observamos que por não estarem bem fundamentados os cristão não se tornaram praticantes da palavra, não podendo progredir no conhecimento de Deus.

Cada um deve ser mestre, capaz de transmitir os fundamentos aos que se aproximam de Cristo. Que compreenda, pratique e ensine tudo o que se refere a entrada no Reino de Deus, os propósitos de Deus para aquele que entra, bem como os passos que deve dar no início da caminhada.

Para colocarmos o fundamento correto - Jesus Cristo (1Co 3:11), em nossas vidas, devemos lembrar o que o próprio Senhor falou no sermão do monte: "Todo aquele que vem a mim e ouve as minhas palavras e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante. É semelhante a um homem que edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala e lançou os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, arrojou-se o rio contra aquela casa e não a pode abalar, por Ter sido bem construída"   Lc 6:47-48.

Neste texto vemos dois tipos de pessoas: Uma que ouviu e praticou a palavra, cavou bem fundo - não foi abalada. Outra que ouviu e não praticou, sem alicerce, se arruinou

Cavar: arrancar tudo que é nosso limpar de nossas vidas tudo que não vem de Deus. Vamos gastar mais tempo para fazer a casa, o resultado será duradouro.

Devemos cavar até chegar na Rocha. Jesus é a Rocha. Para colocar os fundamentos sobre nossas vidas devemos cavar, abrir profunda vala, até encontrar a rocha.

A rocha no Novo Testamento é o próprio Senhor Jesus. Precisamos então cavar tudo que é nosso, humano e pecaminoso para que só a vida de Jesus floresça.

Jesus Cristo é o único fundamento

Deus é o edificador; e Ele não vai edificar nada sobre uma base errada.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário