sábado, 4 de setembro de 2021

AVIVAMENTO AUTÊNTICO

O avivamento autêntico tem algumas peculiaridades. Sua característica não é o emocionalismo, o barulho.

O livro de Atos descreve uma igreja que vive sob o mover do Espírito Santo. “...De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações”. (Atos 2: 47-52.)

PERSEVERANÇA NA PALAVRA. Todo avivamento autêntico está centrado em Cristo e em sua Palavra. O surgimento de doutrinas antibíblicas é um sinal de que não há pureza no movimento;

PERSEVERANÇA NA COMUNHÃO.  Uma igreja avivada pelo Espírito do Senhor vive como um corpo bem ajustado, 1Co 12:12. O Espírito gera unidade, Jo 17: 21. As discórdias e facções são obra da carne, Gl 5: 19-21;

PERSEVERANÇA NA ORAÇÃO. Sem oração não há avivamento. É a comunhão com Deus que desencadeia todo o processo de renovação espiritual.

DEDICAÇÃO A MISSÕES. Não existe avivamento autêntico se a igreja não está fazendo missões.

De acordo com At 1:8, o poder do Espírito habilita o crente para pregar o evangelho, para ser testemunha.

A AÇÃO SOCIAL.  É interessante observar que todos os avivamentos trouxeram consigo a ação social. Fundação de orfanatos, preocupação com idosos, com os marginalizados. Isso é bíblico. Veja At 9: 36.

O AVIVAMENTO EM NOSSO SÉCULO

Nos Estados Unidos. As primeiras manifestações pentecostais no período moderno deram-se em 1900, nos Estados Unidos.  A rua Azuza, 312, em Los Angeles, E.U.A., era um dos mais famosos endereços da história pentecostal moderna. Ali houve grande despertamento espiritual.

Avivamento espiritual no Brasil. Durante a década de 60, várias igrejas batistas, congregacionais, metodistas e presbiterianas experimentaram um reavivamento espiritual. Como consequência desse movimento surgiram novas denominações sob a bandeira da renovação espiritual.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz


Nenhum comentário:

Postar um comentário