sexta-feira, 3 de setembro de 2021

REAÇÕES AO SOFRIMENTO

A fim de cumprir seu propósito Deus levanta homens e usa homens. Paulo foi um dos mais usados por Deus.

Todo homem quando é usado por Deus tende a se ensoberbecer. Mas Deus tem vários recursos para manter-nos humildes. Problemas, tribulações.

A fraqueza nos faz experimentar a graça de Deus de maneira pessoal. “Não tirarei o espinho, mas aumentarei a minha graça sobre tua vida e serás aperfeiçoado

Perante todo sofrimento que passamos podemos ter atitudes básicas

REVOLTA - Ficar revoltado com a situação, reclamar, se queixar, murmurar.

Na verdade estamos nos revoltando contra Deus, pois é Ele que tem tudo o controle de suas mãos. Assim, o propósito da dor e do sofrimento é perdido.

RESIGNAÇÃO - Não nos queixamos, não reclamamos. Mas também não louvamos ao Senhor pelo fato.

Veja o caso de Jó: Ele não pecou, suportou a perda dos bens, dos filhos, da saúde, não se contaminou com a “teologia sistemática” dos amigos, mas teve uma hora que ele amaldiçoou o dia em que nasceu. 

Jó não havia compreendido que o seu sofrimento era para que ele pudesse conhecer verdadeiramente a Deus.

Enquanto ele não se arrependeu e aceitou o sofrimento como parte do plano de Deus não pode ser aperfeiçoado.

A resignação é uma atitude humana, carnal, e não agrada a Deus. Assim o sofrimento e a dor não atingem o seu objetivo.

ACEITAR COMO PLANO PERFEITO DE DEUS - Quando aceitamos o sofrimento como plano perfeito de Deus para nossas vidas ai sim somos amadurecidos e o sofrimento cumpre o seu objetivo.

José foi rejeitado, traído e vendido pelos próprios irmãos, acusado injustamente, preso. Tinha tudo para se revoltar.

Mas não se revoltou. Ele sabia que “Deus habita com o quebrantado e humilde de espírito”. Ele disse aos irmãos: “Vocês queriam me fazer mal, mas Deus tornou tudo para bem”. “Não me enviastes vós aqui, senão Deus”.

“A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza... Porque quando estou fraco, então é que sou forte.”

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário