domingo, 26 de setembro de 2021

GERAÇÃO DOS JUSTOS

“Não terão conhecimento os que praticam a iniquidade, os quais comem o meu povo, como se comessem pão, e não invocam ao Senhor? Ali se acharam em grande pavor, porque Deus está na geração dos justos”. (Sl.14 4-5)

Não terão conhecimento os que praticam a iniquidade...” não conhecem a lei moral (Rm 1.20).

Há uma tríplice condenação dos pecados deles:

Primeiro não entendem a raiz de suas iniquidades.

Segundo cometeram o pecado no tratamento violento com o povo de Deus

Terceiro não invocaram ao Senhor. O resultado é espantoso: “Ali se acharam em grande pavor...” este é o temor que eles sentem na presença do Senhor. A revelação divina na sua ira os transforma em covardes. At 19.17.

Deus está na geração dos justos...” em contraste com os pecadores em pânico, há o rebanho da “geração dos justos”, que tem paz no meio das aflições, porque andam com Deus.

A presença divina é a garantia da justiça e da condenação do mal. A palavra “geração” pode significar também: linhagem, habitação, posteridade.

A Restauração Divina (Sl.14 6-7)

“Meteis a ridículo o conselho dos humildes...” Qualquer tentativa de destruir os planos do povo de Deus tem que fracassar, porque o próprio Deus é a garantia de que o trabalho espiritual dos fiéis não é vão (ICo 15.58). Pessoas fracas, se tem bom senso, procuram refúgio forte; Deus é o nosso refúgio Sl 91.

“A Salvação de Israel...” não se encontra em poder ou na sabedoria humana. ‘Vem de Sião”, lugar da morada divina. A ação de Deus produzirá regozijo e alegria a Jacó (Israel)”.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário