sábado, 17 de abril de 2021

A DISPOSIÇÃO DE PERDOAR

O problema do perdão começa no fato de que todas as pessoas sofrem da tentação de repararem nos defeitos dos outros ao invés de enxergarem os seus próprios pecados.

A disposição de perdoar terá que passar por cima não apenas de um erro do irmão. Terá que ser permanente na vida do seguidor de Cristo. A expressão setenta vezes sete, não quer dizer apenas 490 vezes num dia e sim vezes sem conta.

Perdoar é buscar o bem do outro, ainda que em termos humanos não gostamos dele. O fundamento do perdão é a capacidade de se amar e de se beneficiar justamente aqueles, cuja maneira de agir tenha sido má, ainda que em relação a nós mesmos. Fazendo isso significa que estamos dentro da atmosfera do perdão que emana de Deus.

Se não perdoamos, nossa própria experiência de perdão será tão somente uma simples e pura ilusão.

ALGUNS DESAFIOS PARA NÓS:

Se existe em seu coração qualquer mágoa, tristeza ou rancor contra alguém, perdoe agora e vá a ele(a) comunicar o seu perdão.

Se você magoou ou feriu alguém, peça perdão, humilhe-se, pois quem se humilha será exaltado.

Não julgue a ninguém, assuma o compromisso de ser a mão estendida para aquele que está errado a fim de ergue-lo.

Experimente exercer o perdão a cada dia pois assim, penetrará no que há de mais belo no caráter de Deus – o perdão.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário