quinta-feira, 10 de junho de 2021

A BONDADE DE DEUS

 O salmo 33.5 diz que a terra está cheia da bondade de Deus. Esta bondade está presente na Sua criação.

O universo reflete a bondade de Deus.

Nós sabemos pouco sobre o cosmos, mas o pouco que sabemos mostra que nele está presente a bondade de Deus, bondade ordenadora, bondade harmonizadora.

O ser humano reflete a bondade de Deus.

Alguns biólogos têm procurado uma explicação para a natureza humana. Contra a corrente dos que acham que os genes são egoístas.

O debate entre esses autores apenas confirma que a biologia não pode explicar a natureza humana, senão parcialmente.

Recentemente, o mundo assistiu a frustração dos geneticistas encarregados de mapear os genomas humanos; sua conclusão foi patética: ainda não dá para entender a natureza humana.

Nós sabemos pouco sobre a natureza humana, mas o pouco que sabemos mostra que nela está presente a bondade de Deus, bondade que injeta no homem o desejo de ser bom.

É por isto que o Espírito Santo produz bondade. Ele produz algo que a natureza humana deseja, mas não consegue produzir por si só.

Deus, portanto, está presente no desejo do bem e está presente na capacitação para a prática deste bem. Este desejo humano é uma decorrência da bondade de Deus.

A Bíblia afirma a sua bondade como algo que dura para sempre (Sl 106.1; 107.1; 118.1; 136.1; Jr 33.11).

Diz mais ainda a Bíblia, agora pela boca do Filho Jesus Cristo, que só Deus é bom (Mc 10.18; Lc 18.19)

Só produzimos o bem pela presença do Espírito conosco. Fora dEle, nossa inclinação é para o caos, não para a beleza; é para a maldade, não para a bondade.

O caos e a maldade são naturais; a beleza e a bondade são espirituais.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário