sexta-feira, 11 de junho de 2021

ALEGRIA DO ESPÍRITO SANTO EM VOCÊ E POR VOCÊ.

A alegria se expressa em várias formas em nossas vidas. Uma de suas manifestações é a chamada alegria interior, ponto de início de outras manifestações.

Não nos preocupemos em saber se nós ou alguma pessoa está com esta alegria. Ela sai de dentro. É como a tristeza. Uma pessoa triste não precisa dizer que está triste; está na sua cara. Basta que a observemos.

Por isto, quem está alegre espiritualmente canalizará seu contentamento para fora.

Nós experimentamos várias manifestações desta alegria, que não pode ser apenas.

Uma das expressões da alegria do Espírito Santo é um cântico. É impossível a um crente alegre e feliz não manifestar sua alegria e felicidade sem cantar.

Este cântico pode ser até discreto, na forma de um cantarolar ou assoviar, mas será cântico, mas não precisamos ser discretos sempre. Nossa experiência deve ser a do salmista: Senhor, tornaste o meu pranto em regozijo, tiraste o meu cilício (isto é, o saco de cinza própria da hora da dor profunda) e me cingiste de alegria, para que a minha alma te cante louvores e não se cale. Senhor, Deus meu, eu te louvarei para sempre (Sl 30.11,12).

Cantemos louvores a Deus.

Outra manifestação de alegria em Cristo é o sorriso, que é diferente do riso.

Ambos são mais um meio de comunicação e socialização do que um produto de humor. O sorriso se vê; o riso se ouve, mesmo no escuro.

Devemos rir, devemos sorrir. Lembremos que o sorriso/riso no Espírito não ri/sorri dos outros, como se quem ri fosse superior àquele de quem ri; antes, o riso no Espírito é um riso com os outros, pela alegria do encontro e do convívio.

Há uma outra expressão de alegria que é o serviço. Os tristes não dão dízimo com alegria. Os tristes não ajudam os outros com prazer. Os tristes não promovem a causa da justiça.

Como recomenda Paulo, a contribuição para a causa do Reino de Deus deve ser feita com alegria, não com tristeza.

Como ensina Jesus, o serviço ao necessitado deve ser desenvolvido com prazer, como fez o chamado bom samaritano. Como ensina a Bíblia: a execução da justiça é motivo de alegria para o justo (Pv 21.15).

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário