segunda-feira, 21 de junho de 2021

AS DIMENSÕES DA MANSIDÃO

A palavra mansidão é uma das mais interessantes da Bíblia, porque seu significado foi mudando com o tempo.

No início, mansidão era um vocábulo aplicado a pessoas pobres, desprovidas de qualquer bem ou proteção. Essas pessoas, por terem apenas a Deus como seu único bem, dependiam dEle e esperavam dEle a solução dos seus problemas.

É a este tipo de mansidão a que se referem os poetas e profetas do Antigo Testamento. Os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz (Sl 37:11).

Os mansos terão regozijo sobre regozijo no Senhor, e os pobres entre os homens se alegrarão no Santo de Israel (Is 29:19). Este é o mesmo sentido que Jesus dá a esta virtude, ao prometer que são bem-aventurados os mansos, porque [eles] herdarão a terra (Mt 5.5).

No Antigo Testamento, mansidão é prioritariamente uma atitude de completa dependência diante de Deus e a consequente aplicação desta disposição no relacionamento com os outros.

Se sou dependente de Deus, vou ter uma relação diferente com Ele e vou tratar meus semelhantes (até os que me importunam) de modo coerente com o meu relacionamento com Deus.

No Novo Testamento, a mansidão (prautes, no grego) está associada a um estado de espírito diante de Deus e a uma disposição de mente diante do próximo.

Diante de Deus, mansidão é a marca da humildade. Diante de Deus, mansidão é uma das dimensões do domínio próprio e da longanimidade.

Ser manso é ter a capacidade de se controlar diante daquilo que nos irrita.

Manso é aquele capaz de perder uma discussão, sem se exasperar.

Manso é aquele capaz de discutir um assunto, sem perder a calma.

Manso é aquele capaz de ser livre do espírito de vingança, mesmo diante da provocação.

Manso é aquele que prefere errar perdoando em lugar de "acertar" odiando (ou odiar errando).

Jesus era manso. Ele mesmo se apresentou assim, ao dizer que seu jugo era suave. Eu sou manso e humilde de coração (Mt 11.29)

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário