terça-feira, 31 de agosto de 2021

DIFERENTES FORMAS DE JEJUM

Há diferentes formas de jejuar. As que encontramos na Bíblia são:

JEJUM PARCIAL. Normalmente o jejum parcial é praticado em períodos maiores ou quando a pessoa não tem condições de se abster totalmente do alimento (por causa do trabalho, por exemplo).

Lemos sobre esta forma de jejum no livro de Daniel: "Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram em minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas." (Dn.10:2,3).

O profeta Daniel diz exatamente o quê ficou sem ingerir: carne, vinho e manjar desejável.

Em outras situações Daniel parece ter feito um jejum normal (Dn.9:3), o que mostra que praticava mais de uma forma de jejum.

Em Daniel 9 aprendemos sobre o poder que o jejum tem nos momentos de guerra espiritual.

JEJUM NORMAL. É a abstinência de alimentos, mas com ingestão de água. Foi a forma que nosso Senhor adotou ao jejuar no deserto.

No relato do evangelho não há menção de Cristo ter ficado sem beber ou ter tido sede (e ele estava num deserto!): "Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito, no deserto, durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. Nada comeu naqueles dias, ao fim dos quais teve fome." (Mt.4:2).

Denominamos esta forma de jejum como normal, pois entendemos ser esta a prática mais propícia nos jejuns regulares (como o de um dia).

JEJUM TOTAL. É abstinência de tudo, inclusive de água.

Na Bíblia encontramos poucas menções de ter alguém jejuado sem água, e isto dentro de um limite: no máximo três dias.

A água não é alimento, e nosso corpo depende dela a fim de que os rins funcionem normalmente e que as toxinas não se acumulem no organismo.

Há dois exemplos bíblicos deste tipo de jejum, um no Velho outro no Novo Testamento:

Ester, num momento de crise em que os judeus (como povo) estavam condenados à morte "Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais, nem bebais por três dias, nem de noite nem de dia; eu e as minhas servas também jejuaremos. Depois, irei ter com o rei, ainda que é contra a lei; se perecer, pereci." (Et.4:16).

Paulo, na sua conversão também usou esta forma de jejum, devido ao impacto da revelação que recebera: "Esteve três dias sem ver, durante os quais nada comeu, nem bebeu."(At.9:9).

Não há qualquer outra menção de um jejum total maior do que estes (a não ser o de Moisés e Elias numa condição diferente).

A medicina adverte contra um período de mais de três dias sem água, como sendo nocivo.

Devemos cuidar do corpo ao jejuar e não agredi-lo; lembre-se de que estará lutando contra sua carne (natureza e impulsos) e não contra o seu corpo.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

A JERUSALÉM CELESTIAL

A Jerusalém Celestial é a morada da Noiva do Cordeiro:

“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar...” (Jo 14.2,3)

É o local onde estarão os justos aperfeiçoados:

“Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial... e aos espíritos dos justos aperfeiçoados” (Hb 12:22-23)

É o local onde estarão gravados os nomes dos que venceram:

A quem vencer, meu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém... (Ap 3:12)

Nessa Santa Cidade estarão o Senhor e a Igreja, composta dos salvos de todas as eras e os anjos.

Não haverá nenhum Ímpio ou coisa contaminada:

E não entrará nela coisa alguma que contamine e cometa abominação e mentira, mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. (Ap 21:27)

Não haverá lágrimas e não estaremos sujeitos a dor e a morte:

E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas. (Ap 21:4)

A abundancia da gloria de Deus será visível ali (Ap 22:1).

E a vida não será monótona, pois estaremos servindo ao Senhor (Ap 22:3), tanto na Cidade Santa como no Novo Céu e na Nova Terra.

Estes serão superiores ao céu e a Terra que hoje conhecemos, que estão corrompidos pelo pecado e seus valores negativos.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

domingo, 29 de agosto de 2021

ADORAR EM ESPÍRITO E VERDADE

DEUS SE AGRADA QUANDO NOSSA ADORAÇÃO É PRECISA. A adoração deve ser baseada na verdade das Escrituras, e não em nossas opiniões a respeito de Deus. Adorar em verdade significa adorar a Deus tal como ele é verdadeiramente revelado na Bíblia

DEUS SE AGRADA QUANDO NOSSA ADORAÇÃO É AUTÊNTICA. Tanto o espírito como a verdade são necessários à adoração, Ela deve ser precisa e autêntica.

A adoração agradável a Deus é profundamente emocional e profundamente doutrinária; usamos tanto o coração quanto a cabeça.

Deus quer que sejamos nós mesmos. O Pai busca os que são simples e honestos consigo mesmo perante ele em adoração (Jo.4.23).   

DEUS SE AGRADA QUANDO NOSSA ADORAÇÃO É ATENTA. A ordem de Jesus: amem a Deus de toda a sua mente é repetida quatro vezes no NT. Se a adoração for mecânica, não significará nada. Devemos envolver a nossa mente.

DEUS SE AGRADA QUANDO NOSSA ADORAÇÃO É PRÁTICA. Enquanto estamos aqui na terra, Deus diz: Dê-me o que você tem. Ele está apenas sendo prático a respeito da adoração.

Ele prometeu várias vezes: Eu jamais o abandonarei ou rejeitarei, mas Ele não prometeu: Você sempre sentirá a minha presença. Ele reconhece que algumas vezes esconde sua face de nós (Is. 45.15).

Deus quer que sintamos sua presença, porém ele está mais interessado que confiemos e não tanto que o sintamos. Fé e não sentimentos agrada a Deus.

Dizer a Deus exatamente como nos sentimos. Derramemos nosso coração perante ele. Descarreguemos todos os nossos sentimentos.

Concentrando-se em quem Deus é – sua natureza imutável. Independente das circunstâncias e dos nossos sentimentos, apeguemo-nos ao caráter de Deus.

Por causa da morte vicária de Jesus, por Ele ter morrido por nós é o maior de todos os motivos para adorar.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sábado, 28 de agosto de 2021

O QUE O INTERCESSOR PRECISA TER

AMOR. "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos amigos" (João 15:13)

IDENTIFICAÇÃO. Sentir a necessidade do outro. Colocar-se no lugar da pessoa. Ter empatia (Dt 9:18-20);

COMPAIXÃO. "Livra os que estão sendo levados à morte, detém os que vão tropeçando para a matança. Se disseres: Eis que não o sabemos; porventura aquele que pesa os corações não o percebe? Aquele que guarda a tua vida não o sabe? E não retribuirá a cada um conforme a sua obra?" (Pv 24:11,12);

PERSEVERANÇA. "Com toda a oração e súplica, orando em todo o tempo no Espírito e para isto vigiando em toda perseverança e súplica por todos os santos" (Ef 6:18) "...na oração sede perseverantes" (Rm 12:12);

OUSADIA. Liberdade e franqueza no falar. "Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho ... acheguemo-nos, portanto, destemida, confiada e ousadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça..." (Hb 10:19 e 4:16);

PESO DE INTERCESSÃO. É algo que faz o coração sentir que está na hora de interceder por aquele ou aquilo. Você sente o peso no ombro do outro.

DISCERNIMENTO. Saber separar as coisas. Agudeza de juízo. O sistema de comunicação mais completo vem do Espírito Santo. Não existe serviço de inteligência mais completo.

- Pedro discerne o Espírito de mentira em Ananias e Safira (Atos 5);

- Paulo discerne as mais tendências de Elimas, o encantador (Atos 13:8-0).

GEMIDOS. A intercessão chega a uma intensidade de um sentimento parecido com aquele que Paulo descreve em Gálatas 4:19 "dores de parto"(Atos 7:34).

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

AMADOS DE DEUS

Fomos feitos para viver na presença divina, mas, a queda do homem rompeu o relacionamento ideal.

Somente umas poucas pessoas no A T. tiveram o privilégio de uma amizade com Deus.

Moisés e Abraão foram chamados amigos de Deus Davi foi chamado um homem segundo o coração de Deus e Jó, Enoque e Noé eram amigos íntimos de Deus (Ex. 33.11,17; 2 Cr.20.7; Is.41.8; Tg.2.23; At. 13.22; Gn.6.8; 8.22; Jô 29.4; Rm.5.11).

Entretanto medo de Deus e não amizade eram mais comuns no A T.

Todavia Jesus mudou a situação quando pagou nossos pecados na cruz. O véu da separação foi rasgado e o acesso direto a Deus estava novamente disponível.

Conhecer e amar a Deus é nosso maior privilégio e sermos conhecidos e amados é o maior prazer de Deus.

Conversando constantemente. Uma forma de orar continuamente é utilizar orações de um fôlego ao longo do dia.

Escolha uma frase curta que pode ser repetida para Jesus em uma respiração. Tu estás comigo; Eu recebo a tua graça; Eu dependo de ti; Eu quero conhecer-te; Eu pertenço a ti; Ajuda-me a confiar em ti; Eu quero conhecer-te; Eu pertenço a ti; Ajuda-me a confiar em ti;

Você também pode usar uma frase curta da Bíblia: Para que eu viva em Cristo; jamais me deixarás; Tu é o meu Deus.

Faça essas orações com a maior frequência possível, para que fiquem profundamente enraizadas no seu coração. Mas a sua motivação tem que ser de honrar a Deus e não controlá-lo.

Através da meditação contínua. A Bíblia nos exorta repetidamente a meditar quem Deus é, o que ele fez e o que ele disse. É impossível amar a Deus deixando de lado o conhecimento do que ele diz.

As orações permitem que você fale com Deus; as meditações permitem que Deus fale com você. Ambas são essenciais para se tornar amado de Deus.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

VOCÊ TEM VALOR

“Eis que lhe trarei a ela saúde e cura e os sararei; e lhes revelarei abundância de paz e segurança” (Jr. 33.6).

A Palavra de Deus, sempre trará saúde para quem estiver disposto a escutá-la. Ela opera na alma, produzindo a restauração, arrancando do homem o conceito erra que ele tem de si mesmo.

“O Senhor é contigo” Não importa o que você seja ou faça, existe alguém que acredita em você.

Ainda que mais ninguém bote fé em você, mesmo que você não confie em si mesmo, Deus acredita, sabe que é capaz.

“Homem valente” Você tem valor! É assim que Deus o vê. Procure enxergar-se assim também, criado a imagem e semelhança do Senhor, resgatado pelo sangue de Jesus, possuidor de talentos naturais e dons espirituais, você é sem dúvida um ser muito importante.

É possível que olhe para si mesmo e não consiga enxergar, facilmente, as qualidades que Deus enxerga.

Confie em Deus, no seu Criador, redescubra o seu verdadeiro valor. “Vai nessa tua força”.

Quantos estão agora ignorando seu verdadeiro valor, Ficar em casa, escritório, igreja, levando uma vida aquém daquela que poderiam ter, fazendo para Deus muito menos do que poderiam fazer.

Se afundam na reclamação, na auto piedade e no sentimento de inferioridade, enterrando talentos e escondendo sua personalidade.

Contentam-se em lamentar, enquanto Cristo morreu para dar-lhes uma vida de abundância.

Deus sabe o seu valor! Pare de esconder-se! Mostre-se! Permita-se amar e ser amado!

No princípio pode ser difícil, será necessário coragem para agir de maneira diferente do habitual.

Mas a presença de Deus, acreditando, dando força, abençoando, é garantida.

E ela é suficiente para fazer de você mais do que um vencedor. “Eu estou contigo”, é a promessa do Senhor.

Por Litrazini              

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

COMBATENDO AS TREVAS

USE A PALAVRA COMO ARMA DE COMBATE ESPIRITUAL

CONHEÇA A PALAVRA: “...E a espada do Espírito que é a Palavra de Deus:” (Ef. 6:17) “Não é a minha palavra como fogo, diz o Senhor e como um martelo que esmiuça a penha? (Jr. 23:29)

ORE A PALAVRA: “Direi ao Norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei os meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra.” (Is. 43:6); “Trazei o povo cego que tem olhos; e os surdos, que tem ouvidos.” (Is. 43:7);

USE A PALAVRA COMO ARMA DE COMBATE ESPIRITUAL: “...Eu te puz para luz dos gentios, para que sejas de salvação até os confins da terra.”  (At. 13:47); “...E a espada do Espírito que é a Palavra de Deus.” (Ef. 6:17 “Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.” (Tg. 5:20)

VISTA A ARMADURA – (Ef. 6:10 a 20)

PEÇA REFORÇO AOS ANJOS: “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os seus caminhos?” (Sl. 91:13)

AMARRAR O VALENTE E SEUS SUBALTERNOS: “Ninguém pode entrar na casa de um homem valente e roubar os seus bens, sem primeiro amarrá-lo. Somente assim poderá levar o que ele tem em casa.” (Mc: 3:27)

VII – Saquear o inferno e arrancar: “Tu as fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno.” (Pv. 23:14); “Toda a planta, que meu Pai celestial não plantou, será arrancada.” (Mt 15:13)

RETAGUARDA DE ORAÇÃO DA IGREJA PELOS INTERCESSORES: “...Mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus”.(At.12:5).

JEJUM: “Tocai a buzina em Sião, Santificai um jejum, proclamai um dia de proibição. “CONGREGAI o povo, SANTIFICAI a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os filhinhos e os que mamam...” (Joel 2:16-17).

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

terça-feira, 24 de agosto de 2021

CONFRONTADO INFLUÊNCIA MALIGNA

Antes que qualquer forma de disciplina seja usada, deve-se considerar a possibilidade de existir uma influência demoníaca.

A rebelião é uma forma frequente de interferência demoníaca no lar, e deve ser encarada como uma guerra espiritual antes de confrontá-la no mundo natural. 

Punir uma criança com um espírito rebelde somente promoverá ressentimento e agravará o problema. Embora a punição possa trazer obediência na hora, se existirem influências espirituais envolvidas, o problema provavelmente reaparecerá no futuro.

Discórdias e brigas no lar, em que esforços seculares falharam completamente, foram resolvidos rapidamente por meio do exercício da autoridade espiritual pelo chefe da família.

É preciso compreender que muitos dos nossos problemas vêm da ação de demônios. Eles trazem opressão, desespero, rebelião, brigas, enfermidade e até morte.

Se as pessoas não estiverem dispostas a creditar esses tipos de problemas aos agentes satânicos, não poderão enfrentá-los por meio da guerra espiritual.

É necessário familiarizar-se com as Escrituras para compreender a extensão em que os demônios podem trazer esses tipos de aflições.

Em quase todos os relatos de curas realizadas por Jesus, existe a menção que ele estava expulsando espíritos malignos.

Embora nem todas as enfermidades ou problemas emocionais sejam causados pela ação dos demônios, muitos são, e é necessário que aquele que esteja em autoridade discirna quando esse é o caso e trate o problema de forma apropriada.

As Escrituras não nos dão uma fórmula para lidar com as aflições demoníacas. Entretanto, dá conceitos e fundamentos e muitos exemplos de como Jesus e os apóstolos lidaram com essas condições.

Muitas vezes existem pecados passados e presentes que não foram adequadamente confessados e abandonados.

Para que a libertação possa ser obtida, é necessário lidar com isso por meio do arrependimento, da confissão e da renúncia. 

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

O QUE JESUS OFERECE

O homem está buscando solução para os seus problemas materiais, Deus está oferecendo solução definitiva para o problema espiritual do homem.

ELE OFERECE VIDA E SALVAÇÃO ETERNA.

Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida. (João 5:24)

ELE OFERECE VIDA ABUNDANTE.

O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. (João 10:10)

ELE OFERECE LIBERTAÇÃO.

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32)

Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão. (Gálatas 5:1)

ELE OFERECE AMOR SEM FIM.

Ora, antes da Festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim. (João 13:1)

ELE OFERECE PAZ VERDADEIRA.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; (Isaías 9:6)

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33).

Pr Iranildo dos Santos Tomé / Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

domingo, 22 de agosto de 2021

A INTERCESSÃO É PRIORIDADE

A intercessão deve ser uma das prioridades da vida do cristão. Todo crente é chamado a interceder.

Há pessoas que têm um ministério de intercessão, com uma unção especial para tanto, mas cada cristão tem uma vocação de Deus para interceder;

É um imperativo. Quem não o faz, não exerce seu sacerdócio. Paulo é enfático ao dizer: "Antes de tudo, pois, morto que se use a prática de súplicas, orações e intercessões, ações de graça, em favor de todos os homens " (1 Tm. 2:1).

Fazer intercessões e súplicas por todos, deve ser uma prática em nossa vida.

Deus nada faz na terra, a não ser por meio da intercessão. Nós temos que nos arrepender da nossa falta de intercessão.

Cada oração nossa realiza alguma coisa no reino do espírito. Um dia que passamos sem interceder, é um dia em que perdemos a oportunidade de criar alguma coisa no mundo espiritual, com consequências no mundo natural, sendo que esta oportunidade não mais voltará.

Muitas crises surgem em nossas vidas por falta de oração.

Por vezes o Espírito nos traz uma direção, uma luz ou impressão, mas não queremos nos devotar à intercessão e, então, sofremos, desastres acontecem na vida de outros, almas vão para o inferno e angústias que poderiam ter sido evitadas pela oração, dilaceram muitas almas.

Somos chamados a interceder!

O profeta Samuel, diante do pedido do povo para que clamasse a seu favor, para que não morressem por causa dos seus próprios pecados, fez uma tremenda declaração que deveria ser um desafio para nós também: "E quanto a mim, longe de mim esteja o pecar contra o Senhor, deixando de orar por vós; eu vos ensinarei o caminho bom e direito" (1 Sm. 12:23).

Deus tem um propósito para o homem em seu coração, e precisa dos seus filhos para que esse propósito se estabeleça.

E o que é intercessão senão trazer a vontade de Deus à vida dos homens, da Igreja e das nações? Se entendermos isso, não esperaremos sobrar um tempinho para orar, mas faremos da intercessão uma das prioridades em nossa vida.       

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

sábado, 21 de agosto de 2021

O SANGUE DE JESUS CRISTO

DESTRUIU A SATANÁS

“Portanto, visto como os filhos são participantes comuns de carne e sangue, também ele semelhantemente participou das mesmas coisas, para que pela morte derrotasse aquele que tinha o poder da morte, isto é, o Diabo” (Hb.2.14);

DESTRUIU O PODER DA MORTE

“E livrasse a todos aqueles que, com medo da morte, estavam por toda vida sujeitos à escravidão”. (Hb.2.15);

PURIFICA A CONSCIÊNCIA

“Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará das obras mortas a vossa consciência, para servirdes ao Deus vivo?” (Hb.9.14);

PURIFICOU O CÉU

“Era necessário, portanto, que as figuras das coisas que estão no céu fossem purificadas com tais sacrifícios, mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes”.  (Hb.9.23);

PROMETE-NOS A PERFEIÇÃO

“Ora, o Deus de paz, que pelo sangue do pacto eterno tornou a trazer dentre os mortos a nosso Senhor Jesus, grande pastor das ovelhas, vos aperfeiçoe em toda boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em nós o que perante ele é agradável, por meio de Jesus Cristo, ao qual seja glória para todo o sempre. Amém”. (Hb.13.20,21);

GARANTE A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

“Assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez para levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”. (Hb.9.28).

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

SIMPLICIDADE E PRUDÊNCIA

Por vezes, somos cercados, muitas vezes por pessoas falsas, maldosas, maliciosas, hipócritas, perversas e mentirosas.

Jesus quer que sejamos simples como as pombas, mas, também, PRUDENTES como as serpentes.

A razão é que muitas vezes, esses que se aproximam de nós, dizendo-se verdadeiros, não passam de mentirosos.

São lobos em pele de ovelha; são demônios disfarçados de anjos de luz. “Eis que vos enviou como ovelhas para o meio de lobos; sede portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas” (Mt. 10.16).

A melhor maneira de sermos prudentes é sabermos a hora certa de abrir e fechar as portas do nosso coração e da nossa casa.

Portas tais como:

A ira “Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante...” (Gn. 4.4-7);

A cobiça (Ex. 20.17; Tg. 1.14,15).

A maledicência; “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.Ef. 4.29; (Sl. 141.3; 1 Pe. 3.10; 1 Co. 10.9,10; Fp. 2.14,15)

A impureza “...Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação...” 1 Ts. 4.3-8; (Gl. 5.19; Ef. 4.17,19; Ef. 5.3; Ap. 21.8;22.15).

A avareza (Lc. 12.15; Hb. 13.5,6)

Ser prudentes em situações cotidianas que enfrentamos, tentar descobrir como podermos evitar problemas maiores que nos separem da comunhão com Deus, galgar alguns degraus podem nos permitir usufruir as bênçãos que o Senhor nos tem reservados.

“Antes, crescei na Graça e no conhecimento do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo...”  (2 Pe. 3.18)

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz


quinta-feira, 19 de agosto de 2021

O DISCIPULADO DE JESUS

Perdão e purificação, depois é se identificar com o Cristo.

Discipulado de Jesus não acontece nos caminhos da satisfação dos anseios e desejos pessoais. Ao invés disso, tem que acontecer uma separação em nosso interior.

Não precisamos ter pena de nosso "eu" corrupto e obstinado. Ele precisa ser entregue à morte de Jesus, para que Ele possa nos transmitir Sua vida através do Espírito Santo. "Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus" (Rm 6.11).

Isso acontece através da obediência de fé ao nosso Salvador e à Sua Palavra. "Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição" (Rm 6.5). Nesse caminho conseguimos nos livrar da tirania do pecado.

Até que ponto a cruz deve penetrar em nosso coração? Todo filho de Deus sincero já aprendeu que a realidade da cruz, a maneira de ser de Jesus, deve ocupar cada canto de nosso coração e cada espaço de nossas vidas, assumindo o domínio em todas as áreas.

Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração" (Tg 4.4,7-8).

A cruz tem que penetrar em nosso eu apaixonado por si mesmo até o ponto de podermos dizer com Paulo: "Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim" (Gl 2.19b-20).

A posição de mortos tem que ser uma experiência profunda em nossas vidas. E isso custa lágrimas. Mas leva à vida, à vida eterna!

O apóstolo Paulo explica-o com as seguintes palavras: "De modo que, em nós, opera a morte, mas, em vós, a vida" (2 Co 4.12).

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

VIVENDO CONTENTE E SATISFEITO

Há um grande número de pessoas cuja relação com Deus se reduz tão somente a sentimentos de obrigação e segurança. Seguem-no por medo ou por costume. Servem-no por dever ou por interesse.

O resultado é uma vida sem alegria, sem abundância, sem realizações, uma vida insatisfeita.

E é claro que não é esse tipo de existência que o Senhor quer para seus filhos. Ele quer que vivamos satisfeitos. “... aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez”. (Fp. 4.11,12).

Quando a nossa insatisfação se traduz em reclamações, amargura de alma, murmurações e pessimismo, estamos declarando a Deus que ele, afinal de contas, não é um pai tão bom assim.

Há muitos que vivem insatisfeitos mas são incapazes de admitir o fato para si mesmos, para outros e muito menos para Deus.

Ele quer mais do que servos; quer filhos. Assim disse Jesus: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer” (Jo. 15.15).

O Pai celestial quer filhos que possam desfrutar da sua comunhão e das suas misericórdias em amor. Quando nos regemos pela obrigação, experimentando só insatisfação e migalhas, deixamos de gozar da vida abundante que Cristo conquistou para nós na cruz.

O amor é a essência da vida cristã e não há outra forma de vivermos contentes e satisfeitos a não ser amando a Deus sobre todas as coisas e o nosso próximo como a nós mesmos. 

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

terça-feira, 17 de agosto de 2021

COMO SER VENCEDOR

“Quanto aos mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. 

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. Estais, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. 

Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e para isso vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos” (Ef. 6.10-18).

 “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que creem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Mc. 16.17).

“Eis aí vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo poder do inimigo, e nada, absolutamente, vos causará dano” (Lc. 10.19).

 “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm.8.31)

“Maior é o que está em nós do que o que está no mundo” (1Jo.4.4)

“Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp.4.13)

“Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou” (Rm.8.37)

“Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai; e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei” (Jo.14.12,13,14)

“Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido”. Nenhum mal te sucederá, praga alguma chegará à tua tenda” (SL.91.10)

“Pois contigo desbarato exércitos, com o meu Deus salto muralhas” (Sl. 18.29)

Lidiomar T. Granatti / Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

A ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

"E eu dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração, e rogos, e jejum, e pano de saco, e cinza." (Dn 9.3)

Pode-se definir a intercessão como a oração contrita e reverente, com fé e perseverança, mediante a qual o cristão suplica a Deus em favor de outra pessoa ou pessoas que extremamente necessitem da intervenção divina.

A oração de Daniel no cap. 9 é uma oração intercessória, pois ele ora contritamente em favor da restauração de Jerusalém e de todo o povo de Israel.

A Bíblia nos fala da intercessão de Cristo e do Espírito Santo, e de numerosos santos, homens e mulheres do antigo e do novo concerto.

A INTERCESSÃO DE CRISTO E DO ESPÍRITO SANTO.

Jesus, no seu ministério terreno, orava pelos perdidos, os quais Ele viera buscar e salvar (Lc 19.10).

Chorou, quebrantado, por causa da indiferença da cidade de Jerusalém (Lc 19.41).

Orava pelos seus discípulos, tanto individualmente (Lc 22.32) como pelo grupo todo (Jo 17.6-26).

Orou até por seus inimigos, quando pendurado na cruz (Lc 23.34).

Um aspecto permanente do ministério atual de Cristo é o de interceder pelos crentes diante do trono de Deus, “Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós” (Rm 8.34) (Hb 7.25; 9.24)

João refere-se a Jesus como "um Advogado para com o Pai" (1Jo 2.1).

A intercessão de Cristo é essencial à nossa salvação (Is 53.12). Sem a sua graça, misericórdia e ajuda, que recebemos mediante a sua intercessão, nós nos desviaríamos de Deus e voltaríamos à escravidão do pecado.

O Espírito Santo também está empenhado na intercessão.

Paulo declara: "não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis" (Rm 8.26).

O Espírito Santo, através do espírito do cristão, intercede "segundo Deus" (Rm 8.27).

Portanto, Cristo intercede pelo cristão, no céu, e o Espírito intercede dentro do cristão, na terra.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

domingo, 15 de agosto de 2021

AVALIAÇÃO DIVINA

Todos os salvos, após o arrebatamento, comparecerão diante do Redentor, ocasião em que haverá uma avaliação do que fizemos ou não fizemos; uns receberão louvor; outros, censura: "Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal" (2 Co 5.10).

"Todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas" (Hb 4.13)

A nossa salvação está garantida pelo sacrifício de Jesus. O julgamento será para galardoar aqueles que foram fiéis; que não enterraram seus talentos; que souberam utilizar os dons espirituais e ministeriais recebidos; que, enfim, cumpriram a contento a missão que o Senhor lhes confiou.

Estes receberão aprovação divina, recompensa e honra (Mt 25.21; 1 Co 3.12-14; Rm 2.10).

Os servos negligentes receberão reprovação divina, ficarão envergonhados e sofrerão perdas (1Co 3.15).

Tudo será revelado: nossos atos mais ocultos; nossas palavras; nosso caráter. Nada ficará encoberto. É o momento de prestarmos contas de nossas ações, de nossa fidelidade; nosso zelo pela obra do Senhor na Terra.

Por isso devemos procurar crescer a cada dia como filhos de Deus, separados para o seu Reino.

Fiquemos com estas palavras: "Ora, já está próximo o fim de todas as coisas. Portanto, sede sóbrios, e vigiai em oração. Tende, antes de tudo, ardente amor uns para com os outros, porque o amor cobre uma multidão de pecados. Sede hospitaleiros uns para os outros, sem murmuração. Servi uns aos outros conforme o dom que cada um recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus" (1 Pe 4.7-10).

Veja um exemplo de diferentes graus de glória 1ª Co 15:41,42.

Para os que se perdem, haverá também diferentes Graus de castigo leia: Lucas 12:46-48; Mateus 23:14; Marcos 12:40; Lucas 20:47; Hebreus 10:29

Rodrigo Martins

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

sábado, 14 de agosto de 2021

CONSEQUÊNCIA DA IDOLATRIA

PERDE A COMUNHÃO COM DEUS.

“Os que se entregam à idolatria vã, abandonam aquele que lhes é misericordioso” Jonas 2.8; II Co 6.15 a 18; ICo 10.20,21

TRAZ MALDIÇÃO.

“Maldito o homem que fizer imagem de escultura ou de fundição, abominável ao Senhor” Dt 27.15. “Sejam confundidos todos os que servem imagens de escultura” Sl 97.7.

CORRUPÇÃO - “...Portanto, guardai com diligência as vossas almas, para que não vos corrompais, fazendo um ídolo, uma imagem de qualquer tipo, figura de homem ou de mulher” Dt 4.15,16.

PERDE A SALVAÇÃO E TRAZ A MORTE ETERNA

“...e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte”. Ap. 21.8; Gálatas 5.19 a 21

Gostaria ainda de lembrá-los que a idolatria diz respeito não só a imagens, mas a qualquer pessoa ou objeto que a pessoa coloca à frente de Deus em sua vida, podendo ser até seus pais, marido, mulher ou filhos e amigos. Dê a Deus o devido lugar: o primeiro em tudo. “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” Mt  6.33.

O fato da grande maioria não ter conhecimento, pode ser explicado em 2Co.4.4 “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus”

“Cegou lhes os olhos e endureceu lhes o coração, a fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, e se convertam, e eu os cure” João 12.40;

Veja também Isaias 6.9,10.

Não se esqueçam:

“Há um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem”: I Tm 2.5.

“Ninguém vem ao Pai se não for através de mim”: João 14.6.

“Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele servirás”: Mt 4.10.

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz