segunda-feira, 31 de maio de 2021

AUTORIDADE MEDIANTE A FÉ

 Lucas 10:16-21

Quem vos ouve a vós a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou. E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, os demônios se nos sujeitam.

E disse-lhes: Eu via, como raio, cair do céu. Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum. Mas não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos, antes, por estar o vosso nome escrito nos céus.

Naquela mesma hora, se alegrou Jesus no Espírito Santo e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve.

Marcos 16:15-18

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.

Através do exercício de nossa fé no Nome de Jesus que todo o poder para curar, libertar, destruir as obras de satanás e falar novas línguas nos é atribuído.

Orem sem cessar, coma a Bíblia que todo esse poder será atribuído a você, e não é manto, cruz, rosa, sal e etc, que vão aumentar a sua fé nem a sua autoridade.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

domingo, 30 de maio de 2021

O QUE SIGNIFICA SACRIFÍCIO

O QUE SIGNIFICA SACRIFÍCIO

Comunhão de quem faz o sacrifício com Deus.  – Homenagem, gratidão e expiação.

Percebemos isso já nos sacrifícios oferecidos por Caim e Abel. O sacrifício sincero agrada a Deus, o sacrifício insincero é rejeitado por Ele. "Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não desprezarás, ó Deus" (Sl 51.17).

"Porém Samuel disse: Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros" (1 Sm 15.22).

Jesus honrou a Deus com obediência, e com Sua vida ofereceu um sacrifício perfeito: "muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo!" (Hb 9.14).

O primeiro Adão trouxe o pecado e a perdição ao mundo. O último Adão nos trouxe, com Sua morte, a libertação do poder do pecado e da morte. Ele o sabia, e por isso morreu com as palavras vitoriosas "Está consumado!" em Seus lábios.

Assim Ele fez tudo o que Deus exigia e pagou o preço pelos nossos pecados. O véu rasgado no templo abre o acesso ao Santo dos Santos, ao coração do Pai. Pela vitória alcançada no Calvário, nem a morte conseguiu retê-lO.

Só aceitando e recebendo pessoalmente o sacrifício perfeito do Calvário é possível viver uma vida cristã de alegria e vitória na fé.

Jesus Cristo, o início e o fim, é e continua sendo o centro de nossa salvação, pois Ele continuamente intercede por nós, e por Ele recebemos propiciação pelos nossos pecados: "Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas" (Hb 10.10).

Todos os que buscam refúgio no sacrifício perfeito de Jesus tornam-se justos pelo Seu sangue e passam a fazer parte de Seu Reino.

Extraído da revista chamada da meia noite de abril de 2000

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sábado, 29 de maio de 2021

A DIFERENÇA ENTRE ESPÍRITO E ALMA

 Alma e espírito são palavras que podem ter mais de um significado. E, algumas vezes, são usadas praticamente com o mesmo sentido. É o que normalmente acontece com as palavras polissêmicas (quando uma palavra tem muitas significações).

Um exemplo comum em português de termos desse tipo é manga, cujo significado deve ser determinado pelo contexto em que é usado. Assim, manga pode referir-se a uma fruta, a um pedaço de tecido e/ou a uma peça de automóvel.

Seu verdadeiro sentido, no entanto, dependerá do contexto em que estiver sendo usado.

A palavra alma relaciona-se com as necessidades básicas da vida e até mesmo com a própria vida. Então, poderá ser traduzida por “vida”, “alma”, “criatura”, “pessoa”, “apetite” (ou “desejo”), “mente” e o “próprio ser”. Tudo dependerá do contexto em que estiver sendo empregada.

O Senhor afirmou em sua palavra que a alma pode morrer (Ez 18.4,20), pois, nesse contexto, o termo “morte” significa separação, e não extinção.

O apóstolo Paulo diz que Deus nos vivificou quando ainda estávamos mortos em nossos delitos e pecados (Ef 2.1).

Mas o homem não pode matar a alma.

Somente Deus pode fazer perecer no inferno tanto a alma quanto o corpo (Mt 10.28).

Enquanto a palavra alma ocorre muitas vezes nas Escrituras (cerca de 380) referindo-se às pessoas e abrangendo o relacionamento do eu com o mundo exterior, a palavra espírito ocorre cerca de 550 vezes em referência a pessoas e, algumas vezes, abrange o relacionamento do eu consigo mesmo e com Deus, de forma mais estreita.

Temos, ainda, as posições dicotômicas (doutrina que afirma que o homem é composto de corpo e alma/espírito) e tricotômicas (doutrina que afirma que o homem é composto de corpo, alma e espírito). Tais diferenças ainda causarão muitas discussões, contudo, todos estamos conscientes da responsabilidade que as pessoas terão diante de Deus no dia do juízo.

Assim como estamos conscientes de que as pessoas salvas em Cristo Jesus têm a vida eterna e, durante a morte física, estarão com o Senhor aguardando a ressurreição do corpo.

“Entretanto, se o viver na carne traz fruto para o meu trabalho, já não sei o que hei de escolher. Ora, de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor. Mas, por vossa causa, é mais necessário permanecer na carne (Fp 1.22-24).

Fonte: Revista DF / Transcrito por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sexta-feira, 28 de maio de 2021

ORAÇÃO DO JUSTO

"Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo..."

O pré-requisito para que Deus nos ouça é sermos justos, e temos essa justiça única e exclusivamente em Jesus Cristo.

Justiça significa viver e agir exatamente da maneira que Deus aprova.

Jesus Cristo foi a única pessoa sobre a terra que andou de modo tão perfeito nos caminhos do Senhor que Deus pôde lhe dar Sua plena aprovação.

A justiça, assim como a Bíblia a entende, é concedida a todos os que creem no Senhor Jesus: "Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê" (Rm 10.4).

A Bíblia fala de Abraão e diz que ele creu em Deus e que isso lhe foi imputado como justiça (Tg 2.23).

Essa justiça de Abraão mostrou seus frutos na maneira de viver de Abraão. Ela trouxe resultados; não era estática, mas muito dinâmica. E nós sabemos que as orações de Abraão foram atendidas pelo Senhor.

Igualmente a justiça que nós temos através de Jesus precisa ter consequências em nossa vida para que o Senhor possa ouvir as nossas orações. É uma justiça que se torna ativa.

Se a justiça que Jesus nos proporciona não se refletir em nossa vida prática, nossas orações ficarão sem poder.

"A oração fervorosa de um homem justo tem grande poder e resultados maravilhosos..." (A Bíblia Viva).

Isso não significa nada mais do que a justiça que Jesus nos dá produzindo seus frutos e resultados maravilhosos na prática.

A oração do justo tem conexão com fervor e seriedade; ela não é um ato isolado. E orar com fervor é uma das coisas que têm sua origem na justiça que recebemos através de Jesus!

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quinta-feira, 27 de maio de 2021

FIDELIDADE DO CRISTÃO

 O cristão deve ser honesto, digno e fidedigno. Alguém cheio do Espírito Santo é alguém com quem podemos abrir o coração, e até confessar pecados, porque ele não vai correndo passar a diante.

Alguém dotado de fidelidade sabe guardar os segredos que são o desabafo da alma.

A falta de fidelidade é sinal de imaturidade espiritual, e a recusa de aceitar responsabilidade.

O maior teste para nossa fidelidade é avaliarmos nossa dedicação a Deus e o quanto as pessoas podem abrir seus segredos e suas verdades para conosco sem que isto vire fofoca. É motivo de oração. Seu sinônimo seria a palavra “sinceridade”.

Fidelidade: credulidade, confiança, ardor, lealdade, dependência, obediência, consistência.

Oposto de Fidelidade: incredulidade, infidelidade, inconstância, falta de confiança, incoerência, incerteza, desobediência, inconsistência.

Distorções de fidelidade: legalismo, ativismo, fanatismo, extremismo, zelo demasiado, excentricidade, fervor irracional.

Fidelidade é uma qualidade que o Espírito Santo molda em nosso caráter cristão, caráter este que nos faz fiéis em tudo. “Sendo o discípulo fiel no pouco, também o será no muito e sobre o muito será colocado”: Mt.25.21.

Esse fruto nos leva a sermos fiéis ao Senhor, ao próximo e a nós mesmos. Fiéis nos dízimos, nas ofertas, no tempo, nos pensamentos; entregando-os a Deus todo o nosso trato, acordo, negócios com próximo, e com os nossos compromissos financeiros, contribuindo com as causas justas e recuperação espiritual.

Fiéis com nós mesmos, não nos vendendo por preço algum, não abrindo mão dos valores espirituais da Palavra de Deus.

Em Ap. 2:10: “Os que permanecerem Fiéis até a morte, receberão a Coroa da Vida”.

Deus é fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações: Dt 7.9; Sl 89.1-8; “Grande é a tua fidelidade”: Lm 3.23.

Jesus é a fiel testemunha e é fiel e verdadeiro (Ap 1.5; 19.11).

Ser fiel é ser digno de confiança; leal e firme na devoção e no compromisso; constante na crença.

Fiel é quem não duvida de Deus.

Fiel é quem começa com Deus e continua caminhando com Ele.

Fidelidade, portanto, é uma vida marcada por algumas qualidades, entre elas:

Exclusividade no relacionamento com Deus; Verdade: ser transparente; Regularidade: na leitura bíblica constante e meditativa ano após ano; Persistência: o crescimento virá com a oração sem cessar (1Ts.5.17);

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quarta-feira, 26 de maio de 2021

COMO ATUALIZAR A BÍBLIA

Você quer atualizar a sua Bíblia?

Basta abrir e ler! Simples assim!

Ela é atualizada diariamente, pois, não contém, é a Palavra de Deus e é viva: "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração".(Hb 4.12)

Toda vez que a manuseamos, o Espírito Santo de Deus, faz a atualização através das revelações apropriadas para o momento que estamos vivenciando.

"Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva, e não me deixes envergonhado da minha esperança" (Sl 119.116)

A Bíblia foi, é e, sempre será: "Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho" (Sl 119.105)

"A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre". (Sl 119.160)

Não devemos esquecer o que a Palavra diz em Mateus 24.35: "O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar"

E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro. (Ap. 22:19)

Lidiomar T. Granatti / Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

terça-feira, 25 de maio de 2021

AS BOAS NOVAS DO EVANGELHO

Quando falamos de Jesus a alguém, estamos propagando o evangelho e, quando pregamos o evangelho, falamos de Jesus. Eles são inseparáveis. Eles se fundem um ao outro.

No grego, evangelho significa boas novas. Quando o anjo anunciou o nascimento de Jesus aos pastores, ele disse: “... eis aqui vos trago boa nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc. 2.10,11).

É a boa nova de que, apesar do que somos, do que já fizemos e fazemos, Jesus nos ama muito.

É a boa nova de que, por amor a mim e a você, Jesus veio a este mundo e tomou sobre si os meus pecados e também os seus.

É a boa nova de que, por amor a mim e a você, Ele morreu em nosso lugar, para nos salvar da condenação eterna no inferno.

É a boa nova de que, por amor a mim e a você, Cristo derramou o seu sangue para nos lavar de todo e qualquer pecado, por mais grave que ele seja aos olhos dos homens e aos nossos próprios.

É a boa nova de que, na cruz, através da sua morte e ressurreição, Ele derrotou o inferno, o diabo e a morte. Garantiu, assim, a salvação de todo aquele que, com fé, entrega a ele o coração e a vida.

É a boa nova de que Jesus ressuscitou e está vivo, assentado à direita de Deus, intercedendo por mim e por você ao Pai.

É a boa nova de que, na plenitude dos tempos Ele voltará a sua igreja, levando-a para morar com Ele nos céus.

É a boa nova de que, em Jesus, o mais miserável, o mais vil pecador recebe o perdão, é salvo e transformado em nova criatura, em filho de Deus e co herdeiro com Cristo das bênçãos vindouras.

É a boa nova de que não há uma pessoa sobre a face da terra, nem mesmo os excluídos e marginalizados, que não seja objeto do amor de Deus. Por isso ele ordena que preguemos esse evangelho em todos os cantos e confins da terra mesmo nos lugares mais remotos do planeta.

Todos devem saber que há um Ser todo poderoso, criador dos céus e da terra e de tudo quanto neles há, que os ama profundamente, não fazendo acepção de pessoas. E a quantos o buscam, ele acolhe como parte da sua família, através do seu Filho que morreu por todos nós.

O diabo sabe que a pregação do evangelho é uma arma poderosa contra ele e seu quartel general; sabe que o evangelho “é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê” (Rm. 1.16) 

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

segunda-feira, 24 de maio de 2021

PAZ DE DEUS

 A paz é o desejo mais profundo do ser humano. Não por acaso, ela é uma promessa de Deus aos seus filhos. Desde muito cedo, os homens de bem se cumprimentava assim: “Paz seja convosco” (Gn.43.23).

Os anjos de Deus apresentavam do mesmo modo: “Paz seja contigo” (Jz.6.23)

O Antigo Testamento ensina-nos a abençoar assim: “O Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz” (Nm.6.26).

Jesus saudava seus discípulos e amigos com a expressão: “A paz seja com vocês” (Lc.24.36) Ele recomendou expressamente aos seus discípulos, quando entrassem na residência de alguém, que dissessem: “Paz seja nesta casa” (Lc.10.5)

Os apóstolos pediam que o Deus da paz estivesse com todos (Rm.15.33), mas a saudação que ficou favorita na igreja do Novo Testamento era “Graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo” (1 Co. 1.3).

Para ter paz com Deus. Conforme Cl 1.20: “E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz...”,  significa a tranquilidade de todos os pecados perdoados. A paz de Deus.

Paz é uma atitude de serenidade, calma e força, tranquilidade e quietude de espírito, produzida pelo Espírito Santo, mesmo na adversidade e nas tribulações.

Jesus nos prometeu essa paz; Ele disse: “A minha paz vos dou ...” Ela deriva de nossa perfeita confiança (FÉ) em Deus, guarda os nossos corações da ansiedade, vem pela palavra de Deus e devemos buscá-la.

Podemos perder a paz temporariamente por causa do pecado sem confissão, mas o Espírito nos traz de volta com a oração de confissão e leitura da Palavra de Deus.

A reação de quem tem a paz de Deus diante da oposição ou da adversidade não é raiva, irritação ou de modo vingativo, querendo afligir quem causou dor e sofrimento. Somente tem essa paz quem é dominado pelo Espírito de Deus e tem certeza de que Deus está no comando, e sabe o que faz.

A paz de Deus se manifesta em meio à adversidade, à oposição, ao desespero, ao desapontamento, à desilusão, à ofensa, ao deboche ou rejeição.

A paz não é para se contemplar, mas para se fazer. Fazemos a paz, quando anunciamos que ela é possível por intermédio de Jesus Cristo.

Promover a paz é empenharmo-nos pela concórdia entre as pessoas.

A paz não depende da fidelidade do outro, da bondade do outro, do pedido de perdão do outro, mas é uma graça de nós aos outros, porque já fomos alcançados por uma graça que não merecemos. No que depender de nós, devemos viver em paz com todas as pessoas (Rm. 12.18).

Não nos esqueçamos que a fonte da paz é Jesus Cristo e o seu vínculo é o Espírito Santo. “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (Fp.4.7).

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

domingo, 23 de maio de 2021

A VERDADEIRA FÉ

 “Afirmo-vos que nem mesmo em Israel achei Fé como esta” (Lc 7:9). O Senhor Jesus ficou maravilhado a satisfeito com a Fé revelada pelo centurião, a ainda surpreso pelo fato de ser ele gentio, pois demostrou o tipo de Fé que honra a Cristo e consiste em confiar no poder de sua palavra

“Manda com uma Palavra, e meu rapaz será curado” (Lc 7:7)

Esta forma de orar tem apoio nesta Escritura: “Enviou-lhes a sua Palavra e os sarou” (Sl 107:20). E foi que aconteceu: “Voltando para casa os que foram enviados, encontraram curado o servo” (Lc 7.10).

Jesus estava cercado daqueles que tinha visto muitos exemplos de Fé, muitas maravilhas operadas com a presença do Mestre, e ele tinha aqui a oportunidade de testemunhar a extraordinária Fé do centurião romano, que julgava desnecessária a presença de Jesus para a cura do seu servo enfermo.

A Palavra do Senhor é o verdadeiro fundamento da Fé, e a Fé na Palavra de Deus é a Fé fundamental. “Afirmo-vos que nem mesmo em Israel encontrei Fé como esta”.

A Fé evidenciada pelo centurião deve ter causado vergonha aos discípulos de Jesus. E a nós hoje? Ele pediu crendo, e foi isto que Jesus ensinou: “Por isto vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, CREDE que recebereis, e será assim convosco” (Mc 11:24).

A verdadeira Fé, que é o Dom do Espírito Santo, tem posição definida. Não basta crermos que Deus responderá à nossa oração e, algum tempo, pois isto seria colocar a operação de Deus em futuro distante, como quem apenas tem alguma esperança, ao invés de Fé.

A Fé sem dimensões é a confiança na Palavra de Deus, que afirma: “E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito” (1Jo 5:14-15). “Fé é certeza de coisas que se esperam”.

A verdadeira Fé deve ser mais do que o desejo de receber o que necessitamos; deve ser Fé nas promessas de Deus.

Fé é crermos que é a vontade de Deus responder à nossa oração, e se realmente crermos, disso estamos seguros. Quando cremos, mesmo não havendo ainda recebido, já podemos agradecer a Deus.

Já antevemos a vitória, e se podemos honestamente agradecer a Deus de coração, certos de que ouviu a nossa oração, estar seguro de que a nossa Fé foi suficiente para mover a operação de Deus, em nosso favor.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sábado, 22 de maio de 2021

DEUS SEMPRE ANIMA SEU POVO PARA A GUERRA

 Na arte de guerra divina Deus ensina que é contra o desânimo, e sempre incentiva seu povo a seguir adiante.

Ele encoraja seus fi­lhos à vitória, qualquer que seja a circunstância, a menos que haja desobediência entre o seu povo e este não esteja preparado para a guerra. Alguns exemplos:

A Moisés na hora do maior aperto, Deus o anima, dizendo: "Por que clamas a mim? dize aos filhos de Israel que marchem" (Ex 14.15).

Depois da morte de Moisés, Deus chama a Josué e o anima a entrar na terra com o povo. É o que se vê no primeiro capítulo de Josué várias vezes: "Dispõe-te, agora. Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida, como fui com Moisés assim serei contigo: não te deixarei nem te desampararei..." (Js 1.2,5.6,7,9).

A Gideão que, escondido e com medo dos midianitas malhava o trigo Deus o anima, dizendo: "O Senhor é contigo, homem valente" (Jz 6.12).

Gideão não era tão valente assim, porque várias vezes pede sinais a Deus antes de seguir adiante, mas o ânimo divino o impulsionou para a guerra.

Isaias fala da parte de Deus dizendo ao povo: "Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita, e te digo: não temas que eu te ajudo..." (Is 41.13,14). 

Os registros do Antigo Testamento mostram que os profetas, apesar das dificuldades se mostravam otimistas animados por Deus.

Pode-se ver isto nos profetas Zacarias e Ageu, em textos como: "Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos...” (Zc 4.6,7).

No capítulo 3 de Zacarias, o profeta vê o sumo sacerdote Josué, sendo atacado por Satanás que lhe fazia oposição, mas o anjo do Senhor repreende a Satanás e  age em defesa de Josué, dizendo: "O Senhor te repreende, ó Satanás..." (Zc 3.1,2).

O profeta Ageu também trouxe palavras de ânimo àqueles que estavam diante de Deus na tarefa de reconstrução de Jerusalém, e disse a Zorobabel: "...sê forte, Zorobabel, diz o Senhor, e trabalhai; porque eu sou convosco... o meu Espírito habita no meio de vós; não temais" (Ageu 2.4). 

Os profetas viam a destruição e o mal, mas traziam palavras positivas ao povo, especialmente em época de guerra.

Escondido na caverna de Adulão, perseguido por Saul que o perseguia, Davi, recebeu uma palavra do profeta Gade, dizendo: "Não fiques neste lugar seguro; vai e entra na terra de Judá" (1 Sm 22.5).

Baraque tinha receio de ir à guerra, e ouviu de Débora, uma mulher a palavra do Senhor para que tomasse dez mil homens para combater a Sísera (Jz 4.6,7).

Josafá, ainda perplexo sem saber como proceder, recebe de um profeta de nome Jaaziel uma palavra de ânimo e a orientação em como proceder para sair à peleja contra os amonitas (2 Cr 20.15-17).

Diante de uma situação onde não há retorno e numa guerra onde o povo de Deus é ameaçado, os profetas de Deus sempre falaram positivamente.

Pr. Josue Gonçalves / Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

sexta-feira, 21 de maio de 2021

PORQUE DEVEMOS GANHAR ALMAS

Mt. 4:19 – E disse-lhes: vinde a mim e Eu vos farei pescadores de homens. É o desejo do Senhor Jesus

Mc. 16:5 – E disse-lhe: Ide por todo o mundo e pregai... Porque é uma ordem do Senhor Jesus.

Jo. 3:16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira...

I Jo. 3:16 – Conheçamos a caridade nisto; que Ele deu a Sua vida por nós.

At. 20:26-27 – Portanto no dia de hoje, protesto que estou limpo do sangue de todos...

I Co. 9:16-21 – Porque se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta esta obrigação, e por isso se... É um dever de cada Crente.

QUEM PODE GANHAR ALMAS

Pessoas preparadas: II Tm 2:15 - cada crente em Cristo.

I Co. 2:4-5 – a minha palavra e a minha pregação não constitui em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e poder. Pessoas que primam por ter a unção de Deus

Pv. 11:30 - O fruto do justo é a Árvore da Vida, e o que ganha almas, sábio é. Todos quantos adquirem sabedoria de Deus, estão aptos para ganhar almas para o Seu Reino.

ONDE PODEMOS GANHAR ALMAS

Lá fora no mundo, onde os pecadores estão.

Onde houver um pecador.

Onde estiver um crente ali há um ganhador de almas...

QUANDO PODEMOS GANHAR ALMAS

Há tempo e fora de tempo, todo o tempo, toda hora dia e noite.

2Tm. 4:2 - Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo; redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.

Quando estivermos passando por grandes lutas.

Quando estivermos cantando por uma grande vitória.

Quando estivermos sendo caluniados, perseguidos e atribulados.

Quando estivermos em plena paz, tranquilidade, quando tudo vai bem.

COMO PODEMOS GANHAR ALMAS

Nas campanhas evangelísticas.

Evangelização nos lares.

Distribuição de literaturas. Se você investir na aquisição de literaturas, tais como folhetos, livretos e outros, Deus por certo investirá na sua vida.

Sendo que a forma mais eficiente é o bom testemunho. Sua vida fala tão alto que eu não posso ouvir o que tu dizes.

Pr Jorge Albertacci / Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz


quinta-feira, 20 de maio de 2021

O CRESCIMENTO DA FÉ

PELO OUVIR A PALAVRA DE DEUS

“De sorte que a Fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus” (Rm 10: 17).

- Ler a Bíblia e meditar nela, Chega-se a conhecer a Deus pôr meio da oração e meditação na sua Palavra.

- Procurar manter um coração integro e uma boa consciência.

- Se desejamos que a nossa Fé cresça, não devemos evitar aquilo que a prove e pôr meio de que ela seja fortalecida.

 Para que a nossa Fé se fortaleça, é necessário que deixemos Deus agir pôr nós ao chegar a hora da provação, e não procurar a nossa própria libertação. Se o crente deseja uma grande Fé, deve dar tempo para Deus trabalhar” (Orlando Boyer, Heróis da Fé).

PELA ORAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

“Vos, porém, amados, edificando-vos na vossa Fé santíssima, orando no Espírito Santo...” (Jd v.20).

“Não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espirito intercede pôr nós sobremaneira com gemidos inexprimíveis (Rm 8:26)

Na oração no Espirito não pode haver dúvida, pois o Espirito Santo, que conhece as profundezas de Deus, desvenda ao crente as riquezas da graça, das provisões e da infinitas possibilidades Divinas, levando-o a ao clamar semelhantemente ao apóstolo

“Ó profundidade da riqueza, tanto da Sabedoria como do conhecimento de Deus” (Rm 11:33)

Não resta dúvida que a oração no Espírito Santo é realmente a oração da Fé, pois a Fé sobrenatural é um Dom especial do Espirito Santo.

A oração no Espirito Santo é o meio eficaz de intimidade com Deus, e essa intimidade, pôr sua vez, é o ambiente verdadeiramente apropriado para a Fé sobrenatural.

OBEDIÊNCIA, SUBMISSÃO E PRONTIDÃO EM SERVIR AO SENHOR

“Então disseram os apóstolos ao Senhor: Aumenta-nos a Fé! Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes Fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá”.

Sem obediência, submissão e prontidão de servos, a nossa Fé não poderá crescer.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

quarta-feira, 19 de maio de 2021

INTIMIDADE COM DEUS

 Jesus estava em Betânia, na casa de três jovens muito amigos d'Ele: Lázaro, Marta e Maria. O papo devia estar gostoso, as companhias eram agradáveis, os discípulos se deliciavam com os ensinamento do mestre. Mas, de repente, Ele se retirou para estar a só com o Pai.

Jesus tinha uma vida de oração. Ele orava porque não queria lançar mão de sua divindade para realizar Suas obras.

Preferia buscar a Deus e orar, para que Deus O usasse em sua própria humanidade para nos dar exemplo.

A vida de oração chamava a atenção das pessoas. Depois que o Senhor acabou seu momento de devoção particular, naquele dia em Betânia, um dos discípulos lhe suplicou: "Senhor ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos" (Lc 11.1b).

E Jesus sempre está disposto a ensinar, pois ele mesmo declarou: "Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração" (Mt 11.29).

Jesus nos ensina que precisamos dar exclusividade aos momentos de oração e ficarmos a sós com o Pai. Ele determinou: "Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará".

O mestre nos educa mostrando que mesmo as atividade da obra de Deus não podem atrapalhar nossa vida de oração: "Logo em seguida obrigou os seus discípulos a entrar no barco, e passar adiante d'Ele para o outro lado, enquanto Ele despedia as multidões. Tendo-as despedido, subiu ao monte para orar à parte. Ao anoitecer, estava ali sozinho" (Mt 14:22, 23).

O Senhor nos mostra que não adianta muito trabalho, sem oração; muita retórica e palavras bonitas, sem oração; horas e horas de ensaio, sem oração; muito culto sem oração.

É preciso ter intimidade particular nossa com Deus.

Pr. Robson Brito / Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

terça-feira, 18 de maio de 2021

A BATALHA NA MENTE

Muitos cristãos estão perdendo a batalha contra o inimigo nos lugares celestiais, porque ainda não tem ganho a batalha em sua mente.

Não podemos conquistar as fortalezas espirituais em lugares celestiais, sem que primeiro tenhamos conquistados as fortalezas espirituais que satanás tem levantando em nossas mentes. "Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento (mente) e de todas as tuas forças". Mc 12.30

É impossível poder amar ao Senhor com toda a nossa mente se uma parte dela, todavia, não se submete à Sua vontade. "O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos". Tg. 1.8; outra versão diz: "O homem de mente dobre é um homem com mente dividida".

A inconstância espiritual que observamos em muitos cristãos é resultado de uma mente dividida. Com uma parte tenta agradar a Deus e, com outra, tem comunhão com o sistema deste mundo

Paulo nos diz claramente nas escrituras que, antes de sermos salvos, nossa mente estava em inimizade com Deus, ao pensar independentemente de Deus.

O que o homem faz é consequência do seu pensamento. "Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente". Gn 6.5.

Se queremos agradar a Deus, tem que haver uma transformação em nosso modo de pensar e atuar. "Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos, e éramos por natureza filhos da ira como também os demais". Ef. 2.3

O cristão tem a vantagem de poder controlar seus pensamentos porque tem a sua disposição a vida de Deus, a Palavra e o Espírito Santo. Se tua mente não está em comunhão com Deus, estará em comunhão com o mundo. "Pensai nas coisas que São de cima, e não nas que são da terra". Cl. 3.2 

Deus espera que as pessoas que nasceram de novo coloquem sua mente nas coisas do espírito. É o poder da

A mente é o campo principal da batalha dos filhos de Deus, ali se decide a vitória ou a derrota, se caminho em santidade ou caminho na carne, se terá um corpo sadio ou enfermo. Aquele que ocupa o maior tempo em tua mente, será quem terá controle para levar vantagem em seu reino. Você decide se é Deus ou o diabo.

Você pode ter vitória na batalha de tua mente, pois isto foi designado por Deus.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

segunda-feira, 17 de maio de 2021

ORACÃO FONTE DE AUTORIDADE E PODER

O Senhor Jesus revela que a oração é fonte de autoridade espiritual e de poder - "Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai; e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei (Jo 14: 12-14)".

As obras maravilhosas que operava as fazia em Sua própria humanidade. Se não fosse assim, não teria dito que qualquer um de Seus seguidores poderia fazer obras igual aquelas que Ele operava, e ainda poderia fazê-las muito maiores.

O Senhor Jesus cumpriu Seu ministério sem lançar mão da Sua divindade. Não usou sua deidade para se eximir de problemas e dificuldades. Operava maravilhas como homem.

Entretanto, como homem ungido pelo Espírito Santo. Ele leu na sinagoga em Nazaré o que o profeta Isaías vaticinara a Seu próprio respeito: "O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos" (Lc 4.18).

O Espírito Santo está a disposição para ungir o povo de Deus para obra do Senhor. E quanto mais o cristão pede essa unção mais ele a terá. E não há outra forma de pedir esse poder a não ser pela oração.

Se quisermos produzir frutos para o reino de Deus precisamos orar.

Quantos pregadores que pregam "bonito", mas sem efeito; quantos cantores demonstram uma técnica excepcional, mas não alteram nada com seu canto no reino espiritual; quantos grupos musicais lindos de se ouvir, mas que não encorajam a alma aflita e muito menos amedronta Satanás.

Por que esse fracasso? A resposta é simples: porque não oram; preocupam-se com a aparência e esquecem da essência; dedicam-se a técnica e abandonam a comunhão; prendem-se ao material e rejeitam o espiritual. Que Deus nos guarde disso!

Supliquemos a todo dia como aquele discípulo em Betânia: "Jesus ensina-nos a orar". Com certeza, Ele irá nos atender.  

Pr. Robson Brito / Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

domingo, 16 de maio de 2021

MISSÃO DE VIDA

 Assim como me enviaste ao mundo, eu os enviei ao mundo (Jo 17.18)

Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão-somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou... (At 20.24).

Deus está trabalhando no mundo e quer que nos unamos a Ele. Essa designação é denominada de missão e é diferente do ministério. O ministério é o trabalho no Corpo de Cristo junto aos crentes, enquanto missão é o serviço no mundo junto aos não crentes. Deus nos criou para ambos.

Missão de vida refere-se a algo que compartilhamos com todos os seres humanos, como também diz respeito a alguma coisa específica para nós.

Uma parte disso é a responsabilidade de compartilhar com todos os cristãos, e a outra, a designação particular para cada um.

A palavra em português para 'missão' vem da palavra latina que significa 'enviar, deixar ir, partir'. Ser cristão inclui partir para o mundo como representante de Jesus Cristo. Jesus afirmou: 'Assim como o Pai me enviou, eu os envio' (Jo 20.21).

A missão de Cristo, enquanto estava na Terra, agora é nossa, pois somos parte do Corpo de Cristo. O que ele fez enquanto estava fisicamente entre os homens, nós, como seu corpo espiritual, a Igreja, devemos continuar.

O que significa essa missão? Apresentar Deus para as pessoas!

A Bíblia ensina: 'Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação' (2Co 5.18).

Deus quer salvar os seres humanos de Satanás e reconciliá-los consigo.

Jesus nos salva e depois nos envia para propagar sua mensagem.

A Bíblia afirma que 'somos embaixadores de Cristo' (2Co 5.20).

Somos mensageiros do amor de Deus e de seus propósitos para o mundo.

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz