quinta-feira, 16 de julho de 2020

COMO É DEUS O NOSSO REFÚGIO?


Em que a palavra refúgio faz você pensar? Talvez um prédio imponente com fechaduras nas portas, talvez uma fortaleza de paredes grossas, ou talvez algo tão simples como um dossel para mantê-lo seco em uma tempestade. Qualquer que seja a imagem, pode-se concordar que um refúgio é um lugar seguro. Quando a Bíblia descreve Deus como o nosso refúgio, ela está dizendo que Deus é o nosso lugar seguro quando precisamos de proteção contra algo.

Conhecer Deus como o nosso refúgio nos permite confiar nEle mais livremente. Não precisamos temer situações ou pessoas que ameacem o nosso bem-estar, seja no sentido físico ou espiritual. Não há nenhuma situação que enfrentaremos que esteja fora do controle de Deus; portanto, o melhor lugar para estar, sempre, é bem perto dEle. "Torre forte é o nome do Senhor; o justo corre para ela e está seguro" (Pv 18:10).

Uma pergunta que surge é "como faço de Deus o meu refúgio?" É fácil imaginar um refúgio físico nos protegendo de algum perigo, mas como podemos fazer de Deus, a quem não podemos ver, o nosso refúgio?

Davi é um ótimo exemplo de alguém que conhecia Deus como o seu refúgio. Em diferentes momentos de sua vida, Davi fugia de pessoas que literalmente queriam matá-lo, mas ele sempre encontrava segurança em Deus. "De Deus dependem a minha salvação e a minha glória; ele é a minha forte rocha e o meu refúgio. Confie nele em todo tempo, ó povo; derrame diante dele o seu coração. Deus é o nosso refúgio" (Sl 62:7–8).

Uma maneira fácil de fazer de Deus o nosso refúgio é simplesmente pedir que Ele seja. Davi disse: "Derrame diante dele o seu coração" — foi isso o que Davi fez o tempo todo. Ele derramou o seu coração a Deus sobre o que estava acontecendo em sua vida e pediu-lhe para intervir em seu favor. Quando nos voltamos para Deus em busca de ajuda ou proteção, começamos a conhecê-lo como o nosso refúgio.

Em contraste com a fé de Davi, os líderes de Israel nos dias de Isaías tentaram encontrar segurança em outras coisas além de Deus. Em Is 28:15, o Senhor os repreende porque o seu "refúgio é a mentira e o nosso esconderijo é a falsidade". Deus então lhes oferece um verdadeiro refúgio: (Is 28:16–18). Podemos ficar tentados a procurar segurança em outras coisas que não Deus, mas essas coisas só podem fornecer uma falsa sensação de segurança. Deus é o único refúgio real que encontraremos.

Deus é o nosso refúgio. No entanto, isso não significa que Ele nunca nos levará a situações difíceis ou perigosas. Jesus levou os discípulos a um barco, sabendo muito bem que uma tempestade violenta estava se formando; os discípulos ficaram aterrorizados, mas Jesus, o refúgio deles, acalmou a tempestade (Mt 8:23–27). Quando estamos na vontade de Deus, podemos enfrentar até as situações mais perigosas com confiança porque Deus está conosco.

Inúmeras vezes, Deus liderou os israelitas em batalhas contra exércitos muito mais poderosos do que eles. Contudo, quando confiaram em Deus e o obedeceram, sempre saíam vitoriosos (veja Josué, capítulos 6 e 8, para alguns exemplos). Jesus nos disse: "Falei essas coisas para que em mim vocês tenham paz. No mundo, vocês passam por aflições; mas tenham coragem: eu venci o mundo" (Jo 16:33).

Não importa qual seja a nossa circunstância, o lugar mais seguro para estar é sempre no centro da vontade de Deus. Ele promete ser o nosso refúgio: "'De maneira alguma deixarei você, nunca jamais o abandonarei.' Assim, afirmemos confiantemente: 'O Senhor é o meu auxílio, não temerei. O que é que alguém pode me fazer?'" (Hb 13:5–6).

Fonte: GotQuestion

Por Litrazini
Graça e Paz

quarta-feira, 15 de julho de 2020

O DESERTO NÃO É UM ACIDENTE DE PERCURSO E SIM A ESCOLA DE DEUS


O deserto é uma verdadeira escola, na qual grandes líderes da Bíblia foram formados e até mesmo o próprio Jesus passou por momentos marcantes no local tão difamado por muitos.

Deus treina seus líderes mais importantes na escola do deserto. Moisés, Elias e Paulo foram treinados por Deus no deserto. 

O próprio Jesus antes de iniciar o seu ministério passou quarenta dias no deserto.

O deserto não deve ser visto como o resultado de um desvio na caminhada cristã, mas sim algo que já estava nos planos de Deus para cada um.

O deserto não é um acidente de percurso, mas uma agenda de Deus, a escola de Deus. 

No deserto, Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós, provando que ele está mais interessado em nossa vida do que em nosso trabalho. 

Nossa maior prioridade não é fazer a obra de Deus, mas ter intimidade com o Deus da obra".

O tempo que vem após o difícil período do deserto é recompensador e gratificante na vida do cristão.

Quando Deus nos leva para o deserto é para nos equipar e depois nos usar com graça e poder em sua obra. Ele os treina na escola do deserto e depois os usa com grande poder na sua obra".

Não precisamos ter medo do deserto, se aquele que nos leva para essa escola está no comando desse treinamento.

O programa do deserto é intenso. 

O curso é muito puxado. 

Mas, aqueles que se graduam nessa escola são instrumentalizados e grandemente usados por Deus!.

Hernandes Dias Lopes

Por Litrazini
Graça e Paz

terça-feira, 14 de julho de 2020

ETAPAS DA VIDA CRISTÃ


“Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção... “ Gn 12:1-20

Deus chamou um homem, a partir dele formou um povo, através desse povo enviou o Senhor Jesus Cristo e por meio dele as famílias da terra estão sendo abençoadas e salvas.

ALGUMAS ETAPAS DA CARREIRA CRISTÃ:

OUVIR A PALAVRA DE DEUS NOS CONDUZ À FÉ VERDADEIRA.  (Gn 12:1-3)
Antes de começar a andar com Deus, Abraão era um idólatra – (Js 24:2) Abraão ouviu a voz de Deus, converteu-se dos ídolos vãos ao Senhor, e foi revelado a ele a glória de Deus – (At 7:2) Quando Abraão ouviu a Palavra de Deus, a fé foi gerada no seu coração – (Rm 10:17)

A FÉ EM DEUS NOS CONDUZ À OBEDIÊNCIA. (Gn.12:4-6)
A Bíblia nos diz que Abraão obedeceu a Deus pela fé – (Hb 11:8) Abraão creu na Palavra de Deus e em todas as suas promessas, por isso, obedeceu ao Senhor.

A OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE DEUS NOS CONDUZ À BÊNÇÃO  (Gn 12:7-9)
O Chamado que Deus fez a Abraão não foi fácil, ele teve que deixar tudo para traz, mas ele obedeceu, por isso foi abençoado.

Para alcançar as bênçãos, é preciso trilhar o caminho da obediência a Deus e à sua Palavra. Na caminhada de Abraão com Deus, ele sempre viveu entre a tenda e o altar. A tenda porque ele foi um peregrino na terra, e o altar porque ele era um cidadão do céu; assim deve ser a nossa caminhada com Cristo. (Gn 12:8; Hebreus 11:8-10; Filip 3:20,21) Abraão foi muito abençoado porque tinha os pés na terra e os olhos fixos na cidade celestial, eterna, cujo arquiteto e fundador é o nosso Deus (Hb 11:9,10)

DEPOIS DE RECEBERMOS AS BÊNÇÃOS PODERÃO VIR PROVAÇÕES (Gn. 12:10-20)
A verdadeira fé em Cristo passa por testes: Para provar se a nossa fé é real, para nos ajudar a crescer espiritualmente, para que o nome do Senhor nosso Deus seja glorificado. (I Pe 1:6-9;  Tg 1:1-8)

O Senhor abençoou Abraão para que ele fosse uma grande bênção. Por meio de Abraão e do seu descendente – Cristo Jesus, o mundo inteiro tem sido abençoado. (Gl 3:7,8,14,16, 26-29) As bênçãos de Deus não são apenas privilégios pessoais, mas oportunidades para abençoarmos outras pessoas.

DEPOIS DAS PROVAÇÕES VEM A APROVAÇÃO DE DEUS. (Gn. 22:1-8;  Tg 1:12)
Abraão passou pelas mais diferentes provações antes de ser aprovado por Deus; por exemplo: 
Ele só alcançou a promessa de ter um filho com Sara ( Isaque) depois de 25 anos de obediência ao chamado que Deus lhe fez em Ur dos Caldeus. Deus provou a Abraão pedindo-lhe que oferecesse seu filho. Abraão obedeceu ao Senhor e então foi completamente aprovado por Deus. (Gn 22:1-18)

Na caminhada cristã enfrentamos os mais diferentes obstáculos, temos que ultrapassar cada um deles sem queimar etapas, sem murmurar até atingirmos a aprovação de Deus.

Abraão em sua caminhada com Deus passou por todas as etapas enumeradas aqui. Tornou-se amigo de Deus, Pai da Fé, e nos deixou um grande legado de obediência e fé em Deus.

A Bíblia nos motiva a corrermos com perseverança a carreira cristã, que nos está proposta, olhando firmemente para Jesus, autor e consumador de nossa fé. (Hb 12:2).

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

segunda-feira, 13 de julho de 2020

COMO DEUS DISTRIBUI DONS ESPIRITUAIS?


Será que Deus vai me dar o dom espiritual pelo qual eu pedir?

Rm 12:3-8 e 1Co 12 deixam bem claro que cada Cristão recebe dons espirituais de acordo com a escolha de Deus. Dons espirituais são distribuídos com o propósito de edificar o corpo de Cristo (1Co 12:7; 14:12). O tempo exato de quando essa distribuição acontece na vida do crente não é especificamente mencionado. 

Muitos acreditam que os dons espirituais sejam distribuídos no momento do nascimento espiritual (no momento da salvação). No entanto, há alguns versículos que aparentam indicar que Deus às vezes distribua esses dons espirituais mais tarde. Tanto 1Tm 4:14 como 2Tm 1:6 mencionam um “dom” que Timóteo tinha recebido no momento de sua ordenação “por profecia”. Isso provavelmente indica que um dos presbíteros durante a ordenação de Timóteo falou sob a influência de Deus sobre um dom espiritual que Timóteo receberia para melhor equipá-lo para o seu ministério futuro. 

1 Co 12:28-31 e 1 Co 14:12-13 também nos dizem que Deus (não nós mesmos) é quem escolhe os dons. Essas passagens também indicam que nem todo mundo vai ter um dom em particular. Paulo diz aos crentes da igreja de Coríntios que se vão desejar ou cobiçar certos dons espirituais, então devem deixar de lado sua fascinação com os dons “espetaculares” ou “ostentosos”, mas ao invés devem procurar os dons que sejam melhores para edificar, tais como o dom de profecia (falando a palavra de Deus para a edificação de outras pessoas). 

Agora, por que Paulo diria-lhes com tanta veemência que desejassem os “melhores” dons, se eles já tivessem recebido tudo que iriam receber e não tivessem mais oportunidade nenhuma de ganhar esses “melhores” dons? Essa passagem pode levar alguém a acreditar que como até mesmo Salomão procurou ganhar sabedoria de Deus para poder ser um bom governante de seu povo, que Deus vai nos conceder esses dons dos quais precisamos para podermos trazer grande proveito à Sua igreja. 

Tendo dito isso, ainda é verdade que esses dons são distribuídos de acordo com a escolha de Deus, não a nossa. Se todo crente de Coríntios desejasse fortemente um dom em particular, tal como o dom de profecia, Deus não iria dar esse mesmo dom a todo mundo só porque assim era o seu desejo. Por quê? Onde estariam todos os outros que são necessários para servir as outras funções do corpo de Cristo?

Há uma coisa que é extremamente clara: o comando de Deus é o que Deus usa para capacitar alguém a seguir tal comando. Se Deus nos comanda a fazer algo (tal como testificar, amar os que não são amáveis, discipular as nações, etc.), então Ele vai nos capacitar para seguir Seu chamado. Alguns talvez não sejam tão “dotados” em evangelismo como outros, mas Deus comanda todos os crentes a testificar e discipular (Mt 28:18-20; At 1:8). 

Todos nós somos chamados a evangelizar, quer tenhamos o dom de evangelização ou não. Um Cristão determinado que deseja aprender da Palavra de Deus e desenvolver sua habilidade de ensinar vai se tornar um professor melhor do que aquele que talvez tenha o dom espiritual de ensinar, mas não o usa. 

Em resumo, os dons espirituais nos são dados quando recebemos a Cristo, ou são cultivados através da nossa caminhada com Deus? 
A resposta é os dois. Normalmente, os dons espirituais são dados no momento de salvação, mas também precisam ser cultivados através de crescimento espiritual. Será que você pode ir atrás de um desejo do seu coração e desenvolvê-lo em um dom espiritual? Você pode ir atrás de certos dons espirituais? 1Co 12:31 aparenta indicar que seja possível procurar, “com zelo, os melhores dons”. 

Você pode pedir a Deus por um dom espiritual e ser zeloso com ele através de sua procura de tentar desenvolver essa área. Ao mesmo tempo, se não for da vontade de Deus, você não vai receber certo dom espiritual, não importa quão ardentemente você o procure. Deus é infinitamente sábio e sabe em quais dons você vai ser o mais produtivo para o Seu reino.

Não importa quão dotados sejamos em um dom ou outro, todos nós somos chamados a desenvolver certas áreas mencionadas na lista de dons espirituais.... somos chamados a ser hospitaleiros, mostrar atos de misericórdia, servir uns aos outros, evangelizar, etc.... 

À medida que procuramos servir a Deus com amor, com o propósito de encorajar uns aos outros para a Sua glória, Ele vai trazer glória ao Seu nome, edificar Sua igreja e nos retribuir (1Co 3:5-8; 12:31-14:1). Deus promete que quando nos deleitamos nEle, Ele vai nos dar os desejos de nosso coração (Sl 37:4-5). Isso com certeza incluiria nos preparar para servi-lO de uma forma que nos traga propósito e gratificação.

Fonte: GotQuestion

Por Litrazini
Graça e Paz

domingo, 12 de julho de 2020

A MANIFESTAÇÃO DA GRAÇA DE DEUS, RESTAURA OS SONHOS PERDIDOS.


Mefibosete, filho de Jonatas e neto do rei Saul. Seu nome significa: “Vergonha destruidora.” Ele viveu escondido por um longo tempo, fugindo das pessoas, por ser rotulado de aleijado…

Seu pai Jonatas, e seu avô morreram em um combate de guerra. Sua ama o tomou no colo e fugiu, mas na fuga ele caiu, na queda ele sofreu fraturas graves e tornou-se “coxo” para o resto da vida.

Quais rótulos você tem carregado em sua vida? 
Alcoólatra, viciado, drogado, divorciado, solteirão, rebelde, ovelha negra, rejeitado, adúltero, corrupto, fracassado,

A graça de Deus muda a sua vida, transforma a sua história, muda o seu destino. O pecado mata a inocência e destrói os sonhos, mutila o caráter e congela nossas emoções. (2 Sm 4:4).

Nunca é tarde demais para a graça de Deus alcançar e restaurar o pecador arrependido. (Mt 11.28).

O rei Davi preocupou-se com Mefibosete e se dispôs a cuidar dele, restaurar a sua dignidade, a sua história, tirando-o do anonimato e da vergonha. Davi mandou trazê-lo, restaurou a sua identidade, e restituiu a sua herança;

Mefibosete recebeu a restauração de sua honra, passou a sentar-se à mesa do rei Davi, por todos os dias de sua vida.  (2 Sm 9:1-13).

A graça nos dá a honra e o privilégio de sermos filho de Deus. (João 1.12).
Deus quer honrar você com bênçãos e o privilégio de filho, como filho Deus tem um lugar para você em Sua mesa; a mesa da reconciliação, do perdão,  da cura, da libertação, do recomeço, da restituição, da celebração, da exaltação (Sl 23.5) (Mt 8:11).

A graça se manifestou na pessoa de Jesus Cristo vindo buscar e salvar a humanidade perdida; esta é a restauração da maravilhosa graça de Deus. 

“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” (Jo 1:14).

“Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido” (Lc 19.10).

A graça de Deus revela que podemos ter algo totalmente impossível, algo que não merecemos, algo que jamais conquistaríamos com esforços ou méritos humanos (Ef 2.8,9).

A graça revela beleza e encanto, porque é na pessoa de Jesus que conseguimos ver o amor, a misericórdia, a bondade e a formosura de Deus o nosso Pai. A graça revela o quanto Deus o ama, o valoriza e se importa com você.

O homem natural só consegue ver, imaginar Deus pelo seu poder, majestade, força e juízo, que se manifestaria para destruir toda oposição e rebeldia. Mas em Jesus Cristo, nós encontramos o caráter amoroso, misericordioso, bondoso, gracioso de Deus. 

Jesus supre as necessidades mais profundas do seu coração. Com Jesus você tem um lugar à mesa do Rei.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz


sábado, 11 de julho de 2020

A UNÇÃO DE DEUS É LIBERADA QUANDO NOS LIVRAMOS DE NOSSO EGOÍSMO


À medida que aprendemos mais sobre o caráter de Deus e temos experiências com o Pai através de um relacionamento pessoal, nossa confiança e amor por Ele crescem.

“Isso faz com que haja mais unção do Espírito Santo em nós. Unção é o poder de Deus no homem para fazer o que ele foi chamado. “Jesus Cristo é ‘O Ungido’, por isso, quando nos convertemos, sua unção permanece em nós”.

A unção é um dom gratuito de Deus, todavia, há um preço a ser pago por isso. “Acima de tudo, precisamos proteger a unção em nossas vidas. Por mais que a unção permaneça em nós através da salvação, ela não pode ser explorada através de nossas vidas se não estivermos quebrantados diante de Deus”.

Rebeldia, teimosia, orgulho e independência de Deus são algumas das áreas de desobediência que podem impedir a unção de trabalhar através de cada pessoa.

“Os veículos que transportam a unção são a alma (ou a mente), as vontades e as emoções. Quando somos guiados por nossos impulsos carnais, não estamos sendo guiados pelo Espírito Santo”, é de suma importância amadurecer em Cristo.

“Precisamos entender que não podemos nos atrever a fazer qualquer coisa sem a unção de Deus”. “Há uma unção para tudo o que precisamos fazer, não apenas para ministros ou áreas espirituais da vida. Você tem uma unção para ser pai, marido, esposa ou estar em um negócio. É incrível quando Deus usa uma pessoa para fazer algo que ela não têm capacidade de fazer por conta própria. Esse é o poder da unção”.

Um dos grandes exemplos é Jesus, Filipenses 2:5-11. “Ele é Deus, no entanto, também é nosso exemplo de humildade”, a unção está ligada à obediência.

“A unção é liberada quando nos livramos de nossos egoísmos, atitudes independentes e nos humilhamos diante de Deus. Se você escolher ser radicalmente obediente a Deus, você terá o mesmo poder que ressuscitou Cristo dentre os mortos em você e através de você. E você vai se surpreender com a unção do Espírito Santo em sua vida”.

Pra Joyce Meyer

Por Litrazini
Graça e Paz

sexta-feira, 10 de julho de 2020

COMO CONSEGUIR SUA PASSAGEM PARA O CÉU


"Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer (Rm. 3.9,10)

Por herança do pecado de Adão e Eva e, por merecimento, iremos todos sem exceção para o inferno.

"Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus..." (Is. 59.2)

Todavia por amor a mim, a você e a toda a humanidade, Deus nos deu um único escape, a vida de seu Filho Unigênito, que se fez pecado em nosso lugar

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. (João 3.16-18).

Daí para conseguirmos nossa passagem para o céu, somente crendo que Jesus veio e viveu como homem, não pecou e declarar o Senhorio de Cristo em nossas vidas, aceitando-o como Único e suficiente salvador

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." (Rm. 10.9-13)

COMO FAZER ISSO? 

ORE COMIGO:

Senhor Jesus, eu me arrependo dos meus pecados, creio no seu sacrifício por amor a mim, de nascer, viver como homem, sem pecar, morrer e ressuscitar. Reconheço o seu Senhorio na minha vida e o aceito como único e suficiente Senhor e Salvador. Jesus vem fazer morada no meu coração, Amém e graças a Deus

Lidiomar Trazini Granatti / Litrazini
Graça e Paz

quinta-feira, 9 de julho de 2020

EU QUERIA SER


Eu queria ser raiz, enraizada na Palavra do Pai.

Queria ser sal, dando sabor ao insosso e dando sede por “Água Viva”.

Queria ser luz que alumia, mão que afaga, olho que vê, mas não critica.

Eu queria ser o ouvido que ouve, mas não acusa. Queria ser boca que louva e agradece. Eu queria ser um abraço, gostoso e comovido, pai que ensina e é exemplo, pedra, dando base a vida de alguém.

Eu queria ser como o amanhecer, calmo e sereno, como a flor, perfumando a mão que a esmaga, como pássaro, que mesmo aprisionado, encontra motivo para cantar.

Eu queria ser resposta de oração, bênção recebida, o encontro de quem volta pra casa.

Eu queria ser como um riso espontâneo, um abrigo que dá calor no inverno, uma porta que se abre e não se fecha.

Eu queria ser um pouco de descanso para este mundo cansado, semente que brota e frutifica, sombra de árvore em dia ensolarado.

Eu queria ser alívio, não tormento; ser esperança, não desilusão; ser amor, não paixão.

Eu queria ser, mas não aparentar. Eu queria ser, mas não reivindicar. Eu queria ser, mas não me orgulhar. Eu queria ser criança e, ao mesmo tempo, velho.

Eu queria ser pequeno..., mas grande, e grande..., mas pequeno.

Dr. Silmar Coelho 

Por Litrazini
Graça e Paz

quarta-feira, 8 de julho de 2020

A PROMESSA


Jesus nos tem feito uma promessa maravilhosa Vamos meditar nos versículos Ap 7.9, em diante e descobrir esta promessa!

Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas em suas mãos;

E clamavam com grande voz, dizendo: … Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra. Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma alguma cairá sobre eles. Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes vivas das águas; e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima.

A promessa:” ELE ENXUGARÁ DOS SEUS OLHOS TODA A LÁGRIMA (Ap 7:17)

Como é bom imaginar andando de mãos dadas com Jesus. Ele me mostrando a cidade celestial qual ele próprio preparou para Nós. Contemplar a face de nosso querido Mestre sentir seu amor e paz fluindo em todo nosso ser, Ver bem de pertinho fontes vivas das águas, Lugar lindo, de refrigério, e paz.

É… Ele enxugará dos nossos olhos todas as lágrimas! Essa lágrima de desilusão enxugará! Essa lágrima de dor, rejeição, solidão, decepção em fim seja qual for o motivo de suas lagrimas… Ele enxugará! Não troque este momento por nada! Essa lágrima de tantos que você amava e que já se foram…Ele enxugará! Não troque este momento por nada!

Porem para que esta promessa se cumpra em nossas vidas temos que passar pela grande tribulação, e lavar as vestes e as embranquecer no sangue do Cordeiro. Temos que nascer verdadeiramente da agua e do Espirito ter uma vida transformada pelo poder de cristo como esta escrito em: João 3.5 Jesus disse: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. Assim como nos versos a baixo:

“E, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos Céus. Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli. “Demônios; de graça recebestes de graça daí” (Mt 10.7-8).

“E disse-lhe “E, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos céus. Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios; de graça recebestes, de graça daí” (Mt 10.7-8).

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16.15).

“Como está escrito…” Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva. “ Jo 7-38, ou seja, coração e consciência serão purificados.

Aquele que nasce verdadeiramente se regenera pela água, e se renova pelo Espírito Santo, abandonando a doutrina da hipocrisia. E se torna um Novo homem. Será que eu sou um Novo homem? Será que temos os dons e o fruto do Espirito Santo em meu viver?“ “ Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, Benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. “Contra estas coisas não há lei” (Gl 5.22-23).

Deus quer você perto dele: “Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro”. (Is 45:22).

Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. (Hb 4.16)

“Ele apontou para você. Ele já te ouviu e já te convidou. O que uma vez o separou já foi removido: ‘Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto’ (Ef 2.13).

A salvação é dada gratuitamente por Deus. Você não a recebe pelos seus próprios esforços, nem porque faz boas obras “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”. (Ef 2:8 e 9)

Não troque este momento por nada! ,Não troque esta promessa por nada!

Aquele que nasce verdadeiramente se regenera pela água, e se renova pelo Espírito Santo, abandonando a doutrina da hipocrisia. E se torna um Novo homem. Vamos Nascer verdadeiramente da água e do Espirito vamos renovar nosso caractere produzir os frutos do Espirito em nosso dia a dia. 1 Jo 1-7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. “Deus quer você perto dele Não troque este momento por nada Não troque esta promessa por nada! ”

“Que o Senhor e Salvador Jesus Cristo possa nos ajudar nesta caminhada afim de sermos totalmente renovados pelo seu Santo Espirito e alcançar dele esta promessa maravilhosa” Se você entendeu o Plano da Salvação e deseja aceitar a Jesus como seu único e suficiente salvador, faça a seguinte oração:

“Meu Deus, eu entendi e creio que Jesus é o seu Filho amado que veio ao mundo, morreu na cruz e ressuscitou. Eu creio que só Jesus Cristo pode me salvar e me dar a vida eterna, por isso, neste momento, eu confesso que aceito e recebo a Jesus Cristo como meu único e suficiente Salvador e meu Senhor. Meu Deus, escreva o meu nome no Livro da Vida em nome de Jesus, amém”.

Se você fez esta oração pela primeira vez, procure uma igreja evangélica próxima à sua casa e conte a sua história.

João Claudio Bueno

Por Litrazini
Graça e Paz

terça-feira, 7 de julho de 2020

A GRANDIOSIDADE DA MANIFESTAÇÃO DO PODER DE DEUS


“Porque para Deus nada será impossível.”  Lc 1,37 “Eu sou o Senhor, o Deus de toda a humanidade. Nada é impossível para mim.” Jr 32:27

Em primeiro lugar vamos analisar e estudar juntos o Primeiro Texto Luc. 1,37, mas antes precisamos comentar o caráter desse homem de Deus, todos sabem que Lucas era medico e por conta disso era um homem pesquisador, antes de escrever o evangelho de Lucas (o próprio) pesquisou detalhadamente cada ocorrência da historia de Jesus, no versículos de 1 a 4, ele faz o seu prefacio comentando sua pesquisa.

Quando começa a escrever ainda no primeiro capitulo…Ele se depara com Duas manifestações do poder de Deus: 1ª O anjo Gabriel visita Zacarias e Isabel e logo depois João e Maria a Virgem, ele declara: “Porque para Deus nada é Impossível….” Por favor, viaje comigo nessa ocasião….Ele se rende a “Grandiosidade da Manifestação do poder de Deus”.

Êxodo 14 nos mostra de uma forma grandiosa a manifestação do poder de Deus, onde na ocasião Deus livra o povo de Israel da escravidão do Egito, onde este fora escravo por mais de cento e cinquenta anos, os capítulos que antecedem o capitulo em estudo, mostra varias manifestações do Poder de DEUS, em particular de Gênesis a Apocalipse (toda a bíblia) revela varias, varias e varias manifestações do poder de Deus em ação, através de vários Homens e Mulheres de Deus e inclusive através de JESUS CRISTO, O próprio Deus.

O QUE FAZER PARA SE ALCANÇAR O IMPOSSÍVEL?
1. PARE DE MURMURAR, PARE DE DUVIDAR.
• O povo saiu do Egito debaixo de uma Promessa: A terra de Canaã. E interessante que mal acabara de sair, e tudo parecia perdido de novo. Estavam parados, encurralados e o inimigo vinha atrás armado até os dentes; O povo ficou apavorado, angustiado e teve muito medo; Para o povo, a causa já estava perdida. E o povo começa a murmurar e a reclamar com Moisés. Êx 14:11

NA VERDADE A PERGUNTA ERA:
• Cadê a Promessa
• Cadê a vitória; a bênção que tanto nos prometeu?
• Onde está Deus?

2.º FAÇA MENÇÃO DA PALAVRA PROFÉTICA, LIBERE PALAVRA DE VITÓRIA,
Êx 14:13-15 - Da mesma forma que você deve repreender uma palavra de derrota, deve receber com alegria a palavra de vitória.

Moisés disse ao povo: Não se preocupem, não percam a fé.

Creia em Deus, porque ele é o DEUS DO IMPOSSÍVEL…..Ele fará o Impossível acontecer e vocês verão e testificarão. Há uma causa difícil ou impossível em sua vida? CONTINUE CREIA NÃO DESISTA, CONFIE NO SENHOR!

O deserto é lugar de tratamento, podemos ousar em dizer que é a escola de preparação para o cristão, lembra em Mateus 4, Jesus logo após se batizado por João, Ele foi conduzido para o Deserto e ali passou 40 dias e venceu, sabe queridos o Deserto não é eterno na minha e sua vida, ele tem inicio e também tem fim, na verdade faz parte do nosso caminho e apenas um percurso, no deserto precisamos ficar atentos qual a forma de tratamento que Deus tem estabelecido para nós:
É na escassez que conhecemos o Deus da provisão.
É na solidão que conhecemos o Deus Emanuel.
É na doença que conhecemos o Deus da cura.
É na impossibilidade que conhecemos o Deus do impossível.

“Todas as vezes que Deus prometer algo para sua vida ou propuser novos sonhos em seu coração, prepare-se para passar pelo deserto, pois é o único caminho para a terra prometida”.

Placido Gonçalves Modesto

Por Litrazini
Graça e Paz

segunda-feira, 6 de julho de 2020

O QUE FAZER COM OS CONFLITOS


Conflitos acontecem. Não tente ignorá-los. Eles acontecem no trabalho, na escola, em casa e até mesmo na igreja! Muitas pessoas tentam ignorar os que surgem, na esperança de que a situação simplesmente vá embora. Mas isso não ocorre.

Quando os conflitos. surgem, você tem de lidar com eles de frente. Se você tem um conflito com alguém no seu trabalho, na sua casa ou na sua escola, enfrente-o rapidamente. É um grande erro pensar: "Vou ignorar tudo e esperar que se resolva." Ignorar conflitos não levam você a lugar nenhum.

Efésios 4:6-27 recomenda "Se você tiver raiva, não deixe que sua raiva lhe leve ao pecado e não fique bravo o dia todo." Não dê ao diabo uma chance. Evidentemente, haverá momentos em que a raiva será apropriada. O versículo diz: se você sentir raiva, não deixe que ela o leve ao pecado. Existe uma raiva que pode levar você ao pecado e existe uma raiva que não vai levá-lo ao pecado. Como reconhecer a diferença?

QUAL É O TIPO DE RAIVA ERRADA?
A raiva errada é aquela que não se dissolve rapidamente. Resolva-a rapidamente. Não deixe a raiva em espera. Quando não se lida com a raiva, ela se transforma em ressentimento e depois em rancor. Rancor é sempre um pecado. Ressentimento é sempre um pecado.

Essas emoções são sempre erradas. Raiva é uma resposta apropriada a algo. Se você ama, você deve sentir raiva algumas vezes. Fico com raiva quando vejo pessoas estragando suas vidas com algo que não compensa. Fico com raiva quando vejo pessoas caminhando para algo que sabem que é errado e que vai destruí-las. Quando você se importa com as pessoas, algumas vezes a raiva é a resposta correta.

Mas a Bíblia diz que devemos lidar com isso de forma rápida. Se eu guardo a minha raiva, o meu estômago marca o placar. Como descobrir que isso é verdade? Está tudo interligado. Úlcera escondida. Você tem uma dor nas costas, uma dor no pescoço ou qualquer dor em outro lugar. A Bíblia diz: lide com ela rapidamente. Não deixe a raiva em espera. Resolva seus conflitos o mais rápido possível.

Muito do estresse são somente conflitos que nunca foram trabalhados. Em vez de enfrentar o problema, você simplesmente permite que ele o irrite dia após dia até que se sinta totalmente estressado. Qual é a solução? Como lidar rapidamente com o conflito?

A SOLUÇÃO PARA RESOLVER CONFLITOS SE RESUME EM UMA PALAVRA: CONFRONTAÇÃO. É isso mesmo. Se você quer resolver esse conflito, deve confrontá-lo. Você não tem de confrontar a raiva. Na verdade, não deve confrontá-la. Amorosamente, vá à pessoa e fale a verdade em amor; lide com o problema rapidamente.

Poucos de nós gostamos de ser confrontados. As poucas pessoas que gostam são os criadores de caso.

Os criadores de caso adoram ser confrontados. Eles amam ir às pessoas e dizer: "Você está estranhando tudo!" Essa é a diversão deles. Mas as pessoas normais não gostam de confrontação.

Quando você tiver de confrontar algo, qual a melhor maneira de fazê-lo? Tiago 1:19 nos diz que as leis para um confronto são: todos devem ser pacientes ao ouvir, vagarosos para falar e lentos para se irarem.

Essas são as três leis. Se você cumprir a primeira e a segunda lei, a terceira virá no automático. Se você é rápido para ouvir e vagaroso para falar, será lento para se irar. Alguém já chamou a atenção para o fato de que Deus nos deu duas orelhas e uma única boca. Devemos ouvir duas vezes mais do que falamos.

Rick Warren

Por Litrazini
Graça e Paz